A divisão brasileira da Bentley fechou o mês de agosto soltando rojão na porta de sua luxuosa concessionária na Rua Colômbia, o “point” das lojas de carros de alto luxo em São Paulo (SP). O motivo da comemoração foi um novo recorde de vendas mensal. A marca, pela primeira vez, emplacou três carros em apenas um mês. Pouco? O mais barato, um sedã Continental Flying Spur, custou R$ 900.000

Com esse valor é possível comprar 34 Gol 1.0 (à venda por R$ 26.450). É um volume comparável ao que uma grande concessionária Volkswagen vende durante um mês (dos bons) em SP. Mas o Flying Spur foi o de “menos”.

O mesmo ponto também vendeu dois Continental GT, tinindo de novos, adquiridos por R$ 960.00 cada, somando mais R$ 1.920.000 na conta da loja no mês passado. Voltando ao “índice Gol 1.0”, poderíamos comprar mais 72 unidades do carro mais vendido do Brasil com o total gasto nas duas unidades do cupê esportivo com motor W12 de 575 cv.

Bentley Continental GT
Divulgação

Dois Bentley Continental GT custam R$ 1.920.000. Com esse valor é possível comprar 72 VW Gol 1.0

Sendo assim, a Bentley vendeu no Brasil em agosto o equivalente a 106 exemplares do Gol de entrada. Com os três veículos vendidos no mês passado, a marca inglesa somou 11 modelos vendidos neste ano, um a mais que o total comercializado em 2010. A representação oficial da marca opera no país desde março do ano passado.

Bentley Continental GT
Divulgação

Os interiores dos carros da Bentley podem ser personalizados de acordo com o gosto do cliente

E o número da loja em São Paulo não é relevante apenas no Brasil. A concessionária igualou os volumes de revendas da marca em Miami e Dallas e superou os concessionários de Boston, Houston e Nova York. Nos Estados Unidos somente as lojas de Beverly Hills, San Francisco e Palm Beach venderam mais que a divisão de SP.

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca