Bugatti celebra o ano do dragão com Veyron Wei Long

Baseado na versão conversível Grand Sports, edição limitada de apenas um exemplar possui detalhes em porcelana

Bugatti Veyron Wei Long | Imagem: Divulgação

O ano do dragão está rendendo no Salão de Pequim. Marcas como Jeep, Aston Martin e até a Smart mostraram no evento séries especiais de alguns de seus carros em homenagem ao ser da mitologia chinesa e não para por aí. A Bugatti resolveu se juntar ao grupo e mostrou uma edição "mega" limitada do Veyron Grand Sports (conversível).

Batizado de Wei Long, o superesportivo possui algumas peças de porcelana, como a tampa do tanque de combustível, confeccionadas pela empresa Königliche Porzellan Manufaktur, famosa no ramo.

Leia também: Ano do Dragão inspira séries especiais de carros no mercado chinês

Além disso, o interior é revestido todo em couro vermelho com detalhes que fazem menção ao ano do dragão. Debaixo do capô, o modelo carrega o já conhecido e poderoso motor W16 de 8.0 litros que desenvolve exatos 1.216 cavalos de potência e produz incríveis 152,9 kgfm de torque - o modelo "comum" gera 1.001 cv.

O Bugatti Veyron Wei Long é tão limitado que somente uma unidade foi produzida. Seu preço é estimado em 1,58 milhão de euros (quase R$ 4 milhões sem impostos).

Veja mais: Toyota apresenta nova família de carros globais na China

Significado do ano do dragão

Para quem não sabe, o dragão é para a cultura chinesa o que o Espirito Santo é para os cristãos. Ele representa sabedoria, inteligência, boa sorte, criatividade e grandes virtudes e por isso é tão respeitado por aquele povo.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!