Chevrolet anuncia chegada do Tracker ao Brasil

Utilitário esportivo será vendido a partir do início de setembro e virá do México

Chevrolet Tracker | Imagem: Divulgação

Um antigo sonho da GM brasileira vai se realizar nos próximos meses. A montadora americana anunciou durante o intervalo do programa Fantástico, da Rede Globo, que lançará o Tracker no Brasil “nos próximos meses”, segundo Jaime Ardila, presidente da empresa na América do Sul. O modelo deve ser apresentado em agosto e começar a ser vendido em setembro.

O Tracker – que no exterior chama-se Trax – é um utilitário esportivo compacto que rivaliza diretamente com o EcoSport. Daí a importância do modelo já que a GM espera por um produto nesse segmento há mais de uma década.

O Tracker será importado do México, mas em quantidades ainda não reveladas, segundo apuramos.

Idas e vindas

O lançamento do Tracker já chegou a ser ventilado pela marca nos últimos meses. Na primeira ocasião, uma imagem de divulgação vazou na internet, mais tarde, em meio ao Salão de Detroit, um pôster no estande da Chevrolet confirmava que o Tracker seria vendido no Brasil. A GM, no entanto, negou que isso ocorreria por causa das limitações em importar o modelo para nosso mercado.

O Tracker é derivado da mesma base do compacto Sonic e tem parentesco com os novos compactos da marca produzidos no Brasil como o Onix, Prisma, Cobalt e Spin.

Motor 1.8 Ecotec

O Tracker que será vendido no Brasil deverá ser equipado com motor Ecotec 1.8 litros com 140 cv. As transmissões deverão ser a manual de cinco marchas e a automática de seis velocidades, ou seja, as mesmas que equipam seus irmãos de linha. O sistema MyLink, com recursos multimídia, também é carta certa nesse modelo.