Chevrolet Cobalt tem estreia marcada para dia 4 de novembro

Novo sedã terá lista de equipamentos recheada e visual requintado

Chevrolet Cobalt Concept | Imagem: divulgação

A Chevrolet marcou para o dia 4 de novembro como data de lançamento do seu segundo modelo inédito em 2011. É o Cobalt, sedã compacto que foi tema de inúmeras reportagens do AUTOO (confira a lista abaixo). Diferentemente do Cruze, o primeiro modelo da nova fase da marca, o Cobalt foi projetado no Brasil e voltado para mercados emergentes. Ou seja, não veremos o sedã na Europa e EUA, por exemplo.

Explica-se. Seu conceito é semelhante ao do Logan, da Renault, um carro de construção simples que usa componentes já testados em outros veículos. A vantagem é poder oferecer uma lista de equipamentos mais generosa. Nesse sentido, a GM quer fazer do Cobalt não só um sedã espaçoso para clientes vindos da classe C como também incomodar modelos como o New Fiesta, Polo Sedan e até Linea.

Segundo se comenta, o Cobalt terá motor 1.4 Econoflex numa primeira fase, mas pode ganhar uma versão mais completa e com motor 1.8. E é sempre bom lembrar que, embora tenha semelhanças, sobretudo pela grade exagerada e os faróis gigantes, o Cobalt não é o Agile Sedan. Na prática, o modelo tomará o lugar do Corsa Sedan e do Astra Sedan, dois carros que viraram figurantes na linha da montadora.

Após Cruze e Cobalt, a GM prepara uma sequencia agitada de lançamentos, tudo para cumprir o objetivo de renovar toda a linha até o final de 2012. No começo do ano será a vez da nova S10, que pode se chamar Colorado. No meio do ano será a vez da nova minivan PM7, sucessora da Meriva e Zafira, pouco depois, o hatch Aveo, a reestilização do Captiva e no Salão do Automóvel a primeira aparição do projeto Ônix, que nada mais é que a segunda geração do Celta e do Prisma.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!