Chevrolet encerrará venda do Joy e Joy Plus em 2022 no Brasil

Modelos da primeira geração do Onix apresentavam baixa procura e por isso sairão de linha em janeiro, disse montadora ao site Autos Segredos
Chevrolet Prisma 2020

Chevrolet Prisma 2020 | Imagem: Divulgação

A primeira geração do Onix, lançada em 2012 e que fez enorme sucesso no Brasil, está prestes a sair de linha. A Chevrolet confirmou ao site Autos Segredos que os modelos Joy e Joy Plus, como foram rebatizados o Onix e o Prisma, deixarão de ser vendidos no país em janeiro.

A razão é notória: falta de interessados. Desde o lançamento da nova geração do Onix e do inédito Onix Plus em 2019, os emplacamentos do modelo anterior despencaram, agravados ainda pela pandemia.

Nesse meio tempo, o consumidor também migrou para veículos mais avançados, relegando o Joy e Joy Plus às vendas diretas. Atualmente eles aparecem no site da marca em única versão e cor, a preta, com preços de R$ 65.860 e R$ 70.730, respectivamente.

“A GM informa que deixará de ofertar os modelos Joy e Joy Plus no mercado brasileiro a partir de janeiro. Desde o lançamento do Novo Onix e Onix Plus, a empresa vem registrando uma intensa migração dos consumidores para versões mais tecnológicas e equipadas destes modelos. Com isso, a produção da linha Joy na fábrica de São Caetano do Sul passa a ser destinada exclusivamente para exportação”, explicou a fabricante em nota ao Autos Segredos, que já havia antecipado o fim dos modelos em setembro.

Com isso, resta apenas um modelo construído na plataforma GSV no Brasil, a minivan Spin, que resiste a despeito das vendas modestas.

Por outro lado, a nova geração do Onix e Onix Plus tem recuperado seu patamar de vendas anterior aos problemas de produção causados pela falta de componentes eletrônicos. Até esta quarta-feira, o hatchback já havia emplacado 10.216 unidades e o sedã, 8.240 carros, o que os coloca como líder e vice-líder em dezembro.

Chevrolet Onix 2020
Chevrolet Onix 2020
Imagem: Divulgação