A entrada maciça de dólares no Brasil, que tem reduzido a cotação da moeda americana a níveis muito baixos, ajudou as marcas de importados a vender mais carros no país. Em setembro foram 3 899 unidades, segundo a Abeiva, a entidade que reúne as empresas sem produção local.

O crescimento entre agosto e setembro foi de 21,4% e de 10,4% em relação ao mesmo período de 2008, quando a crise financeira ainda não havia se deflagrado. O presidente da Abeiva e também principal executivo da BMW, Jörg Henning Dornbusch, acredita que os números de 2009 serão muito bons: “Mesmo sem o incentivo da redução integral do IPI a partir deste mês, mas contando que o histórico do setor no último trimestre do ano é sempre favorável, esperamos ultrapassar a marca de 35 mil unidades emplacadas em 2009”, disse.

No raking das associadas da Abeiva, a Kia permanece na frente com 2 769 unidades, seguida pela BMW, com 578 veículos, e a Suzuki, com 344 carros.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/