Competitivo, Volvo XC40 T4 chega ao mercado por R$ 169.950

Opção de entrada do Volvo mira em clientes de SUVs médios topo de linha
Volvo XC40 2019

Volvo XC40 2019 | Imagem: Divulgação

A Volvo inicia a partir desta semana a comercialização de uma das versões mais aguardadas do novo XC40 por aqui. Trata-se da configuração de entrada T4, que conta com a motorização com a mesma motorização 2.0 turbo das demais versões do SUV, porém com potência e torque reduzidos para 192 cv e 30,5 kgfm.

Também equipado com o câmbio automático de 8 marchas, o XC40 T4 perde a tração integral das versões mais caras e traz somente tração nas rodas dianteira, mas, de acordo com dados da Volvo, o XC40 T4 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 8,4 segundos e alcança 210 km/h de velocidade máxima. Os números, portanto, mostram que o SUV tem um desempenho mais do que aceitável mesmo com a calibração mais branda do conjunto. 

Tabelado em R$ 169.950, a grande sacada do XC40 T4 é servir como uma alternativa de luxo a clientes que pensam em adquirir modelos como o Jeep Compass mais completo, por exemplo, que parte de R$ 168.990 em sua versão Limited 2.0 turbodiesel e pode alcançar até R$ 195.760 se equipada com todos os opcionais.

O XC40 T4 chega ao Brasil com um bom pacote de itens de série, com destaque para o City Safety (auxilia o condutor com frenagem automática); a Mitigação de Pista Oposta (Oncoming Lane Mitigation), que ajuda os motoristas a evitar colisões com veículos que se aproximem vindos da pista contrária; alerta de mudança de faixa; proteção em saída de estrada e sistemas de proteção contra impactos laterais e lesões na coluna cervical, sensor de estacionamento traseiro, assistente de partida em aclive e declive, assistente de descidas íngremes e o controle de cruzeiro.

Ainda entre os itens de série, o XC40 T4 oferece os faróis Volvo Full LED System, que incorpora ao conjunto de iluminação as funções de nivelamento automático de acordo com a carga do carro, a comutação automática entre os fachos baixo e alto (Active High Beam) e luz diurna em LED com formato "T" (Martelo de Thor) como nos demais modelos da gama.

Como opcional, o XC40 T4 pode receber o assistente de direção semiautônoma Pilot Assist, que atua até 130 km/h e não só controla a distância do carro logo a frente – nos moldes de um piloto automático adaptativo – como também mantém o carro dentro da faixa de rodagem dependendo das condições da via (se as faixas não estão em bom estado de conservação ele não atuará). O Pilot Assist também não atua em curvas mais fechadas e cabe ao motorista ficar sempre atento na condução do veículo. O ponto positivo é que a tecnologia custará R$ 5.000, um valor que não é abusivo e vale a pena o investimento. Assim, o XC40 T4 é o modelo mais barato do Brasil a oferecer esse recurso.

O Volvo XC40 é uma grande aposta da marca sueca para a demanda cada vez maior do público por SUVs e traz um bom conjunto. Além do acabamento de alto nível, seu comportamento dinâmico é elogiável e o espaço interno bem como o porta-malas atendem com muita competência uma família. É uma excelente opção a se considerar nessa faixa de preço.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!