A imediata alta do IPI em 30 pontos percentuais obrigou a Effa Motors a suspender a montagem dos Lifan 320 e 620 em suas instalações no Uruguai. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, há um estoque de 3.000 unidades já prontas, que precisam ser faturadas às concessionárias para que uma nova remessa seja importada da China e montada.

Embora os modelos saiam de uma planta instalada num país do Mercosul, praticamente todas as peças são importadas da China no esquema CKD (Completely Knock-Down), inviabilizando o índice de 65% de nacionalização exigido pelo governo para que o aumento do IP não seja aplicado. A Effa Motors ainda não definiu o quanto repassará do aumento aos consumidores, mas garante que absorverá parte da alta do IPI.

Ainda de acordo com a empresa, os planos de construir uma fábrica no Brasil, por enquanto, estão mantidos. A linha de montagem de San Jose voltará às suas atividades assim que o estoque for reduzido.

Rodrigo Mora

|

Veja mais notícias da marca