Em 2021 no Brasil, oitava geração do Nissan Sentra é lançada na Argentina

Sedan médio rival de Toyota Corolla e Honda Civic desembarca no país vizinho com motor 2.0 16V aspirado e opções manual e CVT
Acima o Nissan Sentra que será comercializado na América Latina

Acima o Nissan Sentra que será comercializado na América Latina | Imagem: Divulgação

Provavelmente por questões logísticas, a Nissan adotou uma estratégia de lançar antes na Argentina algumas novidades importadas que chegarão em breve também ao Brasil. Isso já ocorreu com o novo Versa, que começará a ser vendido aqui em novembro, e agora ocorre também com a oitava geração do Sentra.

A Nissan apresentou nesta terça-feira (20) o sedan médio completamente renovado para o mercado argentino e vale a pena ficarmos de olho no lançamento uma vez que a estrutura de versões e demais catálogos deverá ser replicada quando o modelo chegar ao Brasil. A estreia do novo Sentra por aqui deverá ocorrer ao longo de 2021.

Importado do México, o que ajuda a conferir um preço mais competitivo ao Sentra, a oitava geração do sedan médio traz sob o capô um motor 2.0 16V que entrega 147 cv na Argentina, onde opera apenas com gasolina. No país vizinho, o Sentra em sua oitava geração será oferecido com as opções de câmbio manual de 6 marchas ou CVT. Aqui no Brasil, por uma predileção dos consumidores nessa faixa de mercado, provavelmente apenas a opção automática será importada.

Interior do novo Sentra é arrojado e busca entregar mais esportividade
Interior do novo Sentra é arrojado e busca entregar mais esportividade
Imagem: Divulgação

Ponto positivo é que o novo Versa traz uma grata evolução estrutural ao receber suspensão independente nas quatro rodas, com destaque para a configuração multibraço nas rodas traseiras. O sedan também dará um salto em tecnologia ao contar com assistentes de condução avançados como o alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, piloto automático adaptativo, monitoramento de pontos cegos nos retrovisores externos, entre outros.

Talvez um ponto polêmico dos novos Versa e Sentra é que a dupla ainda apostará em um motor aspirado convencional enquanto muitos concorrentes diretos migraram para propulsores turbo de menor deslocamento e mais eficientes. Vamos conferir, contudo, como será a aceitação do mercado para os dois sedans em suas respectivas categorias.

Ao todo o novo Sentra terá quatro versões na Argentina, a Advance com as opções manual e CVT, a intermediária SR e a topo de linha Exclusive, as duas últimas com transmissão automática apenas. A opção mais cara terá preço sugerido de 2.450.000 pesos argentinos, cerca de R$ 175 mil. O valor, entretanto, não deve ser tomado como base de comparação por aqui devido às atuais condições econômicas e cambiais do país vizinho.

O Nissan Sentra atualmente vendido no Brasil parte de R$ 87.990 com motor 2.0 e câmbio CVT na versão de entrada S e alcança R$ 108.990 na variante mais cara SL com a mesma mecânica.

Teto contrastante será um dos opcionais para o novo Sentra
Teto contrastante será um dos opcionais para o novo Sentra
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!