Empresário do setor petrolífero quer resgatar o Land Rover Defender

Fundador de uma gigante do setor quer construir um veículo 4x4 com as mesmas qualidades do jipe inglês
Land Rover Defender 2016

Land Rover Defender 2016 | Imagem: Divulgação

Sinônimo de veículo 4x4 por muitos anos, o Land Rover Defender precisou ser descontinuado em 2016 por uma série de questões legais envolvendo a segurança do modelo. Nada mais natural já que o tradicional jipão foi produzido por 68 anos!

Agora o empresário Jim Ratcliffe, fundador e CEO da petrolífera Ineos quer dar um passo além para resgatar o Defender. Segundo uma notícia apurada pela Reuters, a ideia de Ratcliffe é produzir 25.000 unidades/ano de um modelo 4x4 com visual e proposta bem semelhantes ao que o Defender entregava.

Com esse volume de produção, destaca a agência de notícia, o novo braço automotivo da Ineos se tornaria um dos maiores fabricantes de automóveis do Reino Unido, com uma produção que iria superar, com folga, a de marcas tradicionais como McLaren, Rolls-Royce, Bentley, Aston Martin e outras.

Quando procurada, a Land Rover informou à Reuters que o visual do Defender é protegido por uma série de patentes ao redor do mundo e um processo marca registrada corre na Grã-Bretanha. A Land Rover, de qualquer maneira, não vai demorar muito para disponibilizar um sucessor do Defender devidamente adaptado ao século XXI, com visual e mecânica modernos.

O empresário britânico planeja investir cerca de 600 milhões de libras em sua ideia, mais de R$ 2,5 bilhões, o que também deverá englobar o custo de desenvolvimento desse novo jipe 4x4 além da construção de uma fábrica para acomodar a linha de montagem do modelo. A ideia é colocar a novidade nas ruas em 2020.

Ratcliffe declarou que gostaria de produzir esse novo utilitário dentro do Reino Unido, mas também não descarta a ideia de erguer uma unidade na Alemanha, onde se beneficiaria da mão-de-obra especializada no setor automotivo que o país oferece, bem como poderia utilizar parte de alguma de suas unidades industriais para construir a fábrica do veículo.

E você, o que acha do retorno do Land Rover Defender? 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!