Enquanto BMW iX gabarita teste de segurança, Renault Zoe tira zero

Elétricos foram avaliados pelo Euro NCAP e disparidade dos resultados é marcante
BMW iX

BMW iX | Imagem: Divulgação

Fato ocorrido nesta quarta-feira (8) na Europa chamou a atenção pela disparidade nos resultados. 

O Euro NCAP (European New Car Assessment Programme), órgão de defesa do consumidor especializado em segurança automotiva, revelou sua bateria de testes mais recente, a qual contemplou a avaliação dos elétricos BMW iX bem como do Renault Zoe. 

Vale destacar que, enquanto o Renault já é comercializado no Brasil com suas atualizações recentes desde abril deste ano, a BMW confirmou que irá importar o iX ao país, logo vale a pena acompanharmos de perto as constatações do Euro NCAP envolvendo os dois produtos. 

Infelizmente, para o Renault, a prova resultou em um resultado preocupante. O Zoe tornou-se o terceiro automóvel na história do Euro NCAP a não contabilizar nenhuma estrela em sua avaliação, ou seja, o pior resultado possível. 

Importante esclarecer que antes do facelift apresentado em 2020 na Europa, o Renault Zoe contava com 5 estrelas de acordo com as avaliações do órgão, porém a nova (e maior) bateria aplicada no elétrico, em conjunto com o uso de um novo airbag lateral que não oferece proteção adequada para a cabeça dos passageiros, prejudicaram o Zoe nos novos testes. 

Nas palavras do Euro NCAP, as mudança representam "uma degradação na proteção dos ocupantes”, sendo que, no teste de impacto lateral, a "cabeça do motorista impactou diretamente no poste de intrusão e os valores de traumatismo craniano indicaram proteção insuficiente para esta parte do corpo". 

O Euro NCAP também salientou a performance insuficiente do Renault Zoe nos testes de colisão frontal, bem como criticou a falta do alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência na unidade testada. A Renault, por sua vez, vai acrescentar o dispositivo como um item de série no elétrico a partir de março de 2022. 

Em resposta às constatações, a matriz europeia da Renault declarou que “reafirma que o Zoe E-Tech Electric é um veículo seguro, que cumpre todas as normas regulamentares de segurança. Esses padrões estão em constante evolução e estão se tornando mais rigorosos em todos os domínios, especialmente em segurança. A Renault, portanto, melhora continuamente sua oferta a fim de cumprir os regulamentos aplicáveis onde seus veículos são vendidos”. 

Renault Zoe 2021
Renault Zoe: nota 0 em segurança segundo o Euro NCAP
Imagem: Divulgação

BMW iX foi exemplar 

Na outra ponta, o BMW iX literalmente gabaritou os testes do Euro NCAP e conquistou todas as 5 estrelas possíveis em todos os testes do órgão. 

“Na avaliação da proteção do ocupante adulto, os avaliadores destacaram, entre outras características, a eficácia do novo airbag interativo entre os bancos do motorista e do passageiro dianteiro, que fornece proteção adicional contra lesões em caso de colisão lateral. A segurança infantil na parte traseira do BMW iX também obteve a pontuação mais alta possível em colisões frontais e laterais”, destaca a BMW em comunicado. 

Vale destacar que o iX conta com uma estrutura especial que combina um conceito de monobloco de alumínio com uma gaiola de carbono. Componentes particularmente resistentes à torção são feitos de polímero reforçado com fibra de carbono (CFRP), um dos materiais mais resistentes utilizados pela indústria automotiva. O CFRP é aplicado em partes do teto, bem como nas seções lateral e traseira do BMW iX. 

Em sua configuração mais potente, a xDrive 50, o BMW iX conta com 523 cv e 78 kgfm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos. A autonomia do modelo gravita em torno de 630 km de acordo com o ciclo WLTP. 

BMW iX
BMW iX
Imagem: Divulgação