Ferrari Portofino M é o novo conversível ''de entrada'' da marca

Modelo substitui a antiga Portofino com algumas mudanças visuais e já trazendo o motor da Roma cupê
Ferrari Portofino 2021

Ferrari Portofino 2021 | Imagem: Divulgação

Depois de lançar a Roma como variante cupê da conversível Portofino, a Ferrari acaba de apresentar na Europa a nova Portofino M. Nesse caso, o “M” significa “Modificata”, ou modificada. Isso acontece porque a novidade é um facelift da Portofino que substituirá o antigo modelo no papel de modelo "de entrada" da marca. Ela custará 206 mil euros, ou cerca de R$ 1,28 milhão na conversão direta.

Entre as principais inovações da Portofino M, está uma modificação feita no motor 3.9 V8 biturbo. Ele passou dos 600 cv para 620 cv, um ganho de 20 cv, enquanto o torque máximo foi mantido em 77,5 kgfm entre 3.000 rpm e 5.750 rpm. Dados oficiais da Ferrari indicam que a velocidade máxima é superior a 320 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h acontece 3,45 segundos. Efetivamente, é o mesmo propulsor da Ferrari Roma.

Apesar de ser apenas um facelift, a Ferrari continuou não economizando nas alterações mecânicas. O câmbio automatizado de dupla embreagem com caixa banhada à óleo passou de sete para oito marchas, sendo a Portofino M o primeiro modelo a usar essa transmissão. Comparada com a versão anterior, ela tem um módulo da embreagem 20% menor e com uma entrega de torque 35% maior. A Portofino M também introduz um Manettino de cinco posições. Além dos tradicionais modos Comfort, Wet e Sport, ainda recebe uma opção Race.

Ferrari Portofino 2021
Ferrari Portofino M
Imagem: Divulgação

O design mudou pouco. A alteração mais clara está no para-choque dianteiro com um formato diferente, ganhando novas entradas de ar, inclusive uma logo à frente das caixas de roda dianteiras, o que reduz o arrasto aerodinâmico. Por outro lado, o para-choque traseiro é um pouco menor e o difusor de ar traz um design atualizado. As saídas do escapamento também foram alteradas. Por fim, as lanternas têm um novo desenho interno.

A lista de equipamentos de série da Portofino M não mudou em relação à Portofino antiga. A de opcionais, cresceu. É possível equipar novidade com aquecimento e ventilação dos bancos, controle de cruzeiro adaptativo, monitor de ponto cego, reconhecimento de placas de trânsito e farol alto automático. Os bancos ganharam uma nova estrutura feita de liga de magnésio e estofamento de densidade variada.

Ferrari Portofino 2021
Ferrari Portofino M
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!