Fiat no Brasil: câmbio CVT, motores turbo, dois novos SUVs...

Principal executivo da Fiat Chrysler no país confirma próximos passos da empresa no país
Acima o conceito Fiat Fastback: inspiração para um dos SUVs que a marca vai lançar no Brasil

Acima o conceito Fiat Fastback: inspiração para um dos SUVs que a marca vai lançar no Brasil | Imagem: Divulgação

O principal executivo da Fiat Chrysler no Brasil, Antonio Filosa, concedeu uma entrevista bastante reveladora ao jornal Hoje em Dia em que comenta sobre os próximos passos da empresa por aqui.

De acordo com Filosa, já está definido que os novos motores da gama Firefly Turbo, que começam a ser produzidos no fim de 2020, serão ligados a uma caixa automática CVT. Com isso, temos uma boa indicação de que o conglomerado ítalo-americano promoverá um bom upgrade para seus modelos em termos de eficiência, uma vez que as transmissões desse tipo notadamente colaboram para reduzir o consumo e aprimorar o desempenho dos veículos nos quais elas estão presentes. Não se sabe, contudo, se teremos opções dos motores Firefly Turbo com alguma caixa manual da empresa.  

Segundo rumores, o futuro motor 1.0 turbo com injeção direta da Fiat Chrysler deverá entregar potência na casa de 130 cv e torque por volta de 20 kgfm. O 1.3 turbo, por sua vez, poderá adotar opções de calibração com cerca de 150 cv ou 180 cv, dependendo do modelo que vai impulsionar, e torque gravitando na faixa de 25 kgfm. Modernos, os propulsores terão como um importante diferencial a geração mais moderna do sistema MultiAir, que controla o tempo e o curso de abertura das válvulas de admissão, melhorando consideravelmente o aproveitamento energético obtido com a queima do combustível nos cilindros.

Os novos propulsores, como já era esperado, chegarão às linhas Fiat e Jeep nacionais a partir de 2021, equipando inclusive modelos como Argo, Cronos, Renegade e Compass.

Outro ponto relevante reiterado por Filosa é que a marca Fiat terá dois novos SUVs em sua gama.

Um deles, de porte compacto, deve mirar em modelos como Nissan Kicks, Honda HR-V, Hyundai Creta, entre outros, porém se diferenciando do Jeep Renegade ao adotar uma postura mais urbana, típica da marca Fiat. A novidade pode estrear a partir de 2021 já com o novo conjunto mecânico sob o capô.

Depois do SUV compacto, a Fiat também prepara um modelo de maior porte e “muito pautado no conceito Fastback, mostrado em São Paulo", antecipou Filosa ao jornal mineiro. A fala do executivo faz referência ao protótipo que a Fiat revelou como destaque no Salão de São Paulo 2018. Na mostra paulista, a Fiat deixou claro que muitos elementos e traços estéticos presentes no Fastback de fato iriam influenciar os próximos produtos da marca italiana no Brasil.

É bom lembrar que, em 2018, Filosa já havia confirmado em uma coletiva com jornalistas um calendário intenso de novidades da empresa ao longo dos próximos cinco anos, com 15 novidades da Fiat chegando ao mercado, além de mais 10 entre modelos da Jeep e RAM. No caso da Jeep, por exemplo, temos confirmada a produção de um quarto modelo em Goiana (PE), no caso um modelo inédito com 7 lugares.

 

Esquete com detalhes sobre a parte interna do Fiat Fastback
Esquete com detalhes sobre a parte interna do Fiat Fastback
Imagem: Divulgação

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!