Fiesta é eleito o queridinho das mulheres

Compacto da Ford equipado com o motor 1.0 EcoBoost lidera premiação mundial

Carro é econômico e confortável: receita de sucesso | Imagem: Divulgação

As mulheres representam uma fatia graúda do mercado automotivo. Para a alegria da Ford, o Fiesta captou a essência que muitos homens gostariam de dominar: a arte de chamar a atenção delas. O carro foi eleito pelo público feminino o favorito em pesquisa mundial realizada pelo Women´s World Car if the Year 2013 (Carro do Ano das Mulheres, em inglês).

O júri é inteiramente feminino e os critérios de avaliação são simples. São levadas em consideração características como segurança, economia, custos, entre outras. Até mesmo propriedades menos usuais, como charme e praticidade com crianças, entram nos critérios.

Os competidores foram divididos em seis categorias diferentes. O prêmio de melhor carro para a família ficou com o Audi Allroad. No quesito luxo ,a Range Rover levou o troféu. O melhor esportivo eleito pelas mulheres foi o Porsche Boxter S e o prêmio de melhor SUV ficou com o Mazda CX5. Ainda foi eleito o melhor carro econômico e a categoria geral, ambos lideradas pelo Fiesta EcoBoost.

Avaliação: New Fiesta Sedan 2014 é um mini-Fusion

O compacto da Ford volta para casa feliz e satisfeito com o resultado da votação. O "Gerge Clooney" dos carros desfila com a cereja do bolo da Ford, o motor EcoBoost 1.0, eleito em 2012 e 2013 como o melhor motor do ano. Com potência de 1.4L, ele tem uma média de consumo de combustível de 20 km/l.

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções