Ford apresenta o EcoSport de produção e revela seu interior

Crossover virá equipado com sistema de partida sem chave, controle de estabilidade e sistema de conectividade SYNC

Ford EcoSport | Imagem: Fabiano Mazzeo

A Ford apresentou neste domingo, 22, o novo EcoSport na versão final, que será produzida no 2° semestre no Brasil. O modelo também teve a primeira imagem do interior revelada, confirmando a expectativa por um veículo mais sofisticado e equipado.

O novo EcoSport virá, por exemplo, com o sistema SYNC, que reúne sistemas de conectividade, entretenimento e informações sobre o veículo. Hoje o SYNC é item comum em modelos mais caros. Também deixou de lado a direção hidráulica por um sistema elétrico, mais leve e confortável.

Veja também: Chevrolet Enjoy, o maior rival do EcoSport, vaza na internet

O crossover conta ainda com partida por botão que dispensa a chave, ar-condicionado digital, airbags de cortina (opcionais), controle de estabilidade, freios ABS, assistente de partida (que não deixa o veículo voltar em ladeiras), sensores de estacionamento, chuva e crepuscular, além de rodas de liga leve aro 16 polegadas.

Em relação ao protótipo, mostrado em janeiro, o EcoSport de série mudou pouco. Entre as pequenas diferenças estão os faróis que perderam o sistema de LEDs por um conjunto convencional.

Veículo global

As imagens liberadas pela Ford mostram a versão 2.0 Titanium, que deve ser equipada com o mesmo motor Duratec do anterior. Haverá transmissão automática, porém, o exemplar da foto possui câmbio manual. O painel do novo EcoSport é uma versão mais completa do que é visto no New Fiesta, do qual derivou.

O “uprade” de equipamentos e de acabamento tem uma razão: o novo EcoSport será um carro global, parte do plano One Ford que prevê uma linha de veículos padronizada em várias partes do mundo – outros modelos são a nova Ranger, prestes a chegar ao Brasil, o Fusion 2013 e a 3ª geração do Focus, que estará no Salão do Automóvel.

O EcoSport está sendo mostrado de forma paralela ao Salão de Pequim, na China, outro país onde será produzido – ele também terá linha de montagem na Tailândia e na Índia. A meta é vendê-lo em cerca de 100 mercados a partir do ano que vem.

Embora tenha recebido ajuda da matriz e de outros mercados potenciais, o novo EcoSport foi desenvolvido no Brasil, nas instalações da Ford em Camaçari, na Bahia, onde o modelo é tema de uma festa em homenagem ao Descobrimento do País.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!