Após nosso primeiro contato com o Ford Bronco Sport ainda estático, finalmente chegou a hora da marca norte-americana dar o sinal verde para a estreia do SUV no Brasil. Além de anunciar o preço, a Ford convidou o AUTOO para avaliar a novidade por um intenso percurso off-road em seu campo de provas no interior paulista, o que nos permitiu ter uma boa noção dos atributos de destaque oferecidos pelo utilitário esportivo para se diferenciar frente aos concorrentes. 

Aliás, esse é um ponto em que a Ford surpreendeu em sua estratégia para o Bronco Sport no Brasil. Esqueça Jeep Compass, VW Taos ou Toyota Corolla Cross. Com o Bronco Sport, a Ford quer mesmo alçar voos maiores; para tanto, posicionou seu mais novo SUV com o objetivo de fazer frente às versões de entrada de SUVs premium, como Audi Q3, BMW X1 e, em especial, o Land Rover Discovery Sport

Com isso, fica fácil entender porque o Bronco Sport chega ao Brasil com preço sugerido de R$ 256.900, cifra bem próxima ao que a Audi cobra no Q3 Black Edition (R$ 265.990) e a BMW pratica para o X1 sDrive20i (R$ 256.950). O Land Rover Discovery Sport é bem mais caro, custando R$ 280.950 em seu catálogo S com 7 lugares, entretanto é o único dos SUVs reunidos aqui a oferecer três fileiras de assentos, um importante diferencial que ajuda a explicar a boa aceitação do SUV no país. 

Sabendo que a missão de tornar um produto atraente em meio a concorrentes tão fortes não é nada fácil, a Ford tratou de preparar muito bem o Bronco Sport para a batalha. As unidades importadas ao Brasil, inclusive, estreiam o catálogo Wildtrak para o SUV, que torna-se a opção mais sofisticada na linha Bronco Sport. 

Sem opcionais, é fato que o Bronco Sport Wildtrak supera com facilidade os SUVs premium em seus catálogos mais acessíveis. Conta a favor do Ford em especial o pacote de tecnologia e assistentes de condução muito superiores. Entre os recursos presentes no Bronco Sport Wildtrak, merecem destaque o piloto automático adaptativo, alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, farol alto automático, assistente de permanência em faixa, monitoramento de pontos cegos, entre outros. 

Claro que alguns rivais premium podem oferecer um nível de eletrônica embarcada semelhante, porém o preço sobe consideravelmente. Ainda podemos apontar como diferenciais do Bronco Sport o fato de ele contar com 9 airbags, teto solar e um competente sistema de som projetado pela Bang & Olufsen com 10 alto-falantes. 

Interessante pontuar que o Bronco Sport contará com o FordPass Connect, sistema de telemática da marca que permite executar operações remotas no veículo por meio de um aplicativo no smartphone. A tecnologia, não oferecida em muitos dos concorrentes premium, permite executar funções como a partida remota, travamento e destravamento do carro a distância, além de outros recursos. 

Como não poderia desapontar no quesito desempenho, o Bronco Sport Wildtrak traz sob o capô o elogiável motor 2.0 EcoBoost dotado de turbo e injeção direta. Aceitando somente gasolina, ele entrega 240 cv a 5.500 rpm e 38 kgfm de torque a 3.000 rpm. Associado ao câmbio automático de 8 marchas, o Bronco Sport consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 8 segundos, portanto oferecendo nível de desempenho mais do que adequado para todo tipo de uso. Em termos de potência e torque, o Bronco Sport Wildtrak também supera muitos rivais de luxo na mesma faixa de preço. 

Com suspensão independente nas quatro rodas, projetada inclusive com o uso de alumínio forjado, o Bronco Sport apresentou respostas neutras ao volante e ótima estabilidade. Apesar da maior altura da carroceria por conta do seu conceito com o “teto safari”, a inclinação do conjunto em curvas mais fechadas mostrou-se plenamente aceitável. Direção e freios também formam uma dupla tão irretocável quanto o restante do conjunto. 

Um ponto que será o principal atributo do Bronco Sport dentro da categoria – e o modelo mostrou-se um veículo extremamente capaz nesse quesito – fica por conta das credenciais da novidade para o uso off-road. 

Deixando claro que não está para brincadeira, a Ford equipou o Bronco Sport com bloqueio de tração nas quatro rodas e até mesmo um bloqueio do diferencial traseiro específico para situações mais extremas. O gerenciamento eletrônico do SUV também é capaz de realizar a vetorização de torque entre as quatro rodas, potencializando o deslocamento do modelo mesmo nos terrenos mais desafiadores. Interessante também alguns recursos inéditos do modelo, como um piloto automático específico para o uso off-road. Chamado de Trail Control, ele maximiza a tração em subidas e descidas de acordo com a velocidade programada pelo motorista e torna a condução mais relaxada. 

Outro recurso focado no off-road é o gerenciamento de terreno controlado pelo seletor G.O.A.T no console central. Ele atua em direção, transmissão, motor, controle de estabilidade e sistema de tração para otimizar as respostas do SUV sobre pisos como areia, lama e rocha. 

Em diferentes trilhas preparadas pela Ford no seu campo de provas, foi possível testar todo o potencial do Bronco Sport no uso fora de estrada, inclusive a capacidade de imersão de 600 mm, e o utilitário foi aprovado com louvor. Quem sentia falta de um SUV vocacionado para o off-road com um nível superior de tecnologia, conforto e performance, certamente poderá vislumbrar no Bronco Sport uma excelente opção. 

Na parte interna, o Ford promete não desapontar o consumidor mais exigente que está disposto a pagar acima de R$ 250 mil em um automóvel. Coerente com sua paixão pelas trilhas, o Bronco Sport mescla em sua decoração interna elementos na cor marrom, com destaque para o revestimento dos bancos. Além do uso de couro, os encostos recebem um detalhe em tecido que confere um charme adicional ao conjunto. Ponto positivo também para os vários porta-objetos espalhados pela cabine. Talvez a única ressalva no interior fique por conta do espaço para as pernas dos ocupantes no banco traseiro, que poderia ser um pouco mais generoso. Se olharmos para outros SUVs médios, em modelos como o VW Taos, por exemplo, encontramos bem mais conforto para três adultos na segunda fileira de assentos. 

Características particulares do Bronco Sport, como a possibilidade de abrir apenas o vidro da tampa do porta-malas de forma independente, além de diversos ganchos no compartimento de cargas, tornam a vida dos mais aventureiros bem mais fácil. Pensando nesse público, a Ford equipou o Bronco Sport com um assoalho emborrachado e até uma prática estrutura que permite gerenciar a distribuição de cargas no porta-malas, a qual pode virar até uma mesa apoiada no para-choque traseiro. A Ford declara a capacidade do porta-malas do Bronco Sport alcançando 580 litros até o teto, porém fica a ressalva de que esse tipo de medição não é o padrão aceito no Brasil (até a altura do encosto do banco traseiro). A fabricante não informa qual é o volume disponível segundo o que é tradicionalmente aceito por aqui. 

Ao longo de nosso contato inicial com o Bronco Sport, ficou claro que a novidade tem qualidade técnica, mecânica e construtiva para encarar os rivais premium de Audi, BMW e Land Rover, mas resta saber se os interessados em uma marca de luxo estariam dispostos a gastar uma quantia equivalente em um carro de uma fabricante generalista, como é o caso da Ford, trocando o status que um Audi, um BMW ou Land Rover entregam pelo conjunto bem mais completo do Bronco Sport. Sem dúvida, é algo interessante para ser analisado assim que as vendas do Bronco Sport ganharem tração por aqui. 

É justo mencionar que fora do segmento premium, o Jeep Compass Limited também oferece tração 4x4 e um pacote (opcional) de assistentes de condução tão completo quanto o do Bronco Sport, com o diferencial da motorização 2.0 turbodiesel. Com todos os opcionais, o Compass Limited TD350 4x4 pode ser encontrado por pouco mais de R$ 240 mil. 

Em resumo, o Bronco Sport deixa bem claro qual será o posicionamento da Ford atuando apenas como uma importadora no Brasil. Ao focar em uma nova linha de produtos mais completos e rentáveis, certamente as operações da empresa serão muito mais lucrativas, apesar do menor volume de vendas. Vamos ver, daqui para frente, se os consumidores brasileiros vão lidar bem com essa nova proposta.

 

Ficha técnica

Ford Bronco Sport 2021 Wildtrak 2.0 16V gasolina automático integral 4p
Preço R$ 256.900 (05/2021)
Categoria SUV médio
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/