Ford e Hyundai preparam rivais para o Prius

Novos híbridos deverão chegar ao mercado até 2018 para conquistar os americanos

Hyundai Blue Wil Concept | Imagem: Divulgação

Com o fim do Honda Insight no final deste ano, o Toyota Prius irá reinar praticamente sozinho no mercado dos híbridos de nascença. Entretanto, esta situação deverá se reverter nos próximos anos. Duas marcas revelaram planos de modelos movidos à combustão e eletricidade para competir com o famoso modelo, a Hyundai e a Ford.

No caso da Hyundai, a ideia é usá-lo para se aproximar de novos consumidores americanos. Ainda não há muitos detalhes a respeito do novo híbrido mas sabe-se que a marca colocou quatro unidades na rua para iniciar o período de testes. Os exemplares estão disfarçados com a carroceria do hatch i30. Alguns apresentam carroceria um pouco mais alongada, o que indica que o veículo ecológico apresentará duas versões diferentes no mercado.

O primeiro modelo será mais convencional, para brigar diretamente com o Prius, enquanto o segundo terá porta-malas maior (podendo até mesmo receber dois bancos adicionais) para fazer frente ao Prius V, a versão perua do Toyota. Ainda não se sabe quando os novos carros da Hyundai serão lançados no mercado.

Família híbrida

Já a Ford planeja um híbrido em diversas versões para rivalizar com o Prius, previsto para chegar ao mercado em 2018. O modelo contará com várias motorizações diferentes, incluindo uma híbrida plug-in.

Conhecido internamente como C240, o veículo usará a plataforma C2, que será usada também pela quarta geração do Focus e o próximo Escape. A novidade terá produção na fábrica de Wayne, Michigan (EUA), ao lado do hatch/sedã médio, com volume anual de cerca de 120 mil exemplares.

Atualmente, a fabricante norte-americana tem o C-Max como híbrido em sua linha, mas que é oferecido também em versões a gasolina e diesel no mercado europeu. Além disso, o modelo vende bem menos que o Prius: no ano passado, foram 35.210 unidades conta 192.249 exemplares do modelo japonês nos EUA. Ao que tudo indica, o novo híbrido substituirá o C-Max Hybrid.

Contragolpe nos elétricos puros

A decisão das duas marcas de seguir o exemplo da Toyota é um revés para quem aposta em modelos 100% elétricos. Apesar de especialistas considerarem este tipo de carro ecológico o mais promissor, as dificuldades com autonomia e a falta de uma infraestrutura para recarga têm atrasado os programas do tipo, o mais conhecido deles o Nissan Leaf. A vantagem do Prius nesse cenário é clara. Como não precisa de recarga, o híbrido da Toyota acaba sendo mais prático e acessível.

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções