GM anuncia novos motores Ecotec

Propulsores de três e quatro cilindros têm sistema de injeção direta e turbocompressor

Novos motores Ecotec são mais eficientes | Imagem: divulgação

A família de motores Ecotec da General Motors entrará em uma nova fase tecnológica. A fabricante anunciou nesta sexta-feira (14) o lançamento de novos motores três e quatro cilindros, na faixa de 1.0 até 1.5 litros, com novas tecnologias para maior eficiência em consumo, como sistema de injeção direta de combustível, capacidade para funcionar com combustíveis alternativos e turbocompressor.

Segundo a GM, os aprimoramentos introduzidos nos novos propulsores, além de reduzirem os gastos com combustível e emissões, também diminuirão os níveis de vibrações e ruídos nos veículos que os utilizarem.

A fabricante, entretanto, ainda não divulgou as especificações de performance dos motores inéditos, mas já adiantou que o lançamento dos mesmos ocorrerá em escala global.

Em comunicado, a GM afirma que os novos propulsores serão incorporados em compactos das marcas Chevrolet, Opel,Vauxhall e da chinesa SAIC até 2020.

Novos motores para o Brasil

Os carros da GM do Brasil também estão na fila para receberem esse novos motores, mas ainda não há data definida para a chegada. “Acredito que em breve os sistemas de injeção direta de combustível chegarão aos carros nacionais”, contou Pedro Manuchakian, diretor de engenharia da fabricante no país, ao AUTOO durante o Salão de Frankfurt, na Alemanha, em setembro deste ano.

Atualmente os motores Ecotec (ainda na configuração aspirada e com injeção eletrônica) impulsionam os modelos Captiva e Malibu, que utilizam o bloco 2.4 litros, e o estreante Cruze, com o motor 1.8 l.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!