GWM e governo de São Paulo fecham acordo para acelerar a adoção de veículos a hidrogênio

Compromisso prevê que parceiros irão planejar a logística para veículos movidos a hidrogênio bem como criar uma infraestrutura para fornecimento de combustível verde
O CEO da GWM América, James Yang, e Tarcísio de Freitas, governador do estado de São Paulo

O CEO da GWM América, James Yang, e Tarcísio de Freitas, governador do estado de São Paulo | Imagem: Divulgação

A GWM (Great Wall Motors) e o governo Tarcísio de Freitas (Republicanos) anunciaram nesta terça-feira, 25, um acordo de cooperação para acelerar a adoção de veículos a hidrogênio no estado de São Paulo.

O compromisso foi assinado durante visita do governador às instalações da montadora chinesa em Iracemápolis (SP). Segundo o governo, os parceiros irão estudar a implantação de uma rota logística para veículos a hidrogênio e identificação de parceiros para geração e fornecimento do combustível verde a partir de fontes renováveis, como o etanol.

Segundo a GWM, o projeto terá a duração de um ano e contará com o apoio da InvestSP, a agência de promoção de investimentos do Governo do Estado, para mapear e coordenar a interlocução entre os potenciais interessados em participar da parceria.

"São Paulo quer ser líder no processo de transição energética. Temos um grande potencial do estado no etanol, que é a ponte para termos veículos movidos a partir de hidrogênio e que vão ser muito viáveis na questão de carga. Será uma revolução no transporte brasileiro, a tecnologia está aí e, com uma dose de incentivo, vamos ter usinas de etanol produzindo também o hidrogênio verde", afirmou Tarcísio.

Sistema GWM de célula de combustível de hidrogênio
Sistema GWM de célula de combustível de hidrogênio
Imagem: Divulgação

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

“A GWM do Brasil pode inclusive contribuir para o atingimento dessa meta antes do prazo limite, devido ao protagonismo do Brasil na geração de energia elétrica renovável e forte vocação para a produção de biocombustíveis e hidrogênio verde,” explicou James Yang,  CEO Américas da GWM.

A GWM está investindo R$ 10 bilhões para implantar uma linha de montagem de SUVs e picapes na antiga unidade da Mercedes-Benz no interior do estado. A fábrica passará a produzir modelos nacionais em 2024, com motorização híbrida flex.

O primeiro modelo comercializado pela grupo chinês no Brasil é o SUV Haval H6, de propulsão híbrida e que está em fase de pré-venda.

Haval H6 Premium HEV 2023
Haval H6 Premium HEV 2023
Imagem: GWM

Recomendados por AUTOO

Youtube
Choque de elétricos baratos

Choque de elétricos baratos

BYD Dolphin Mini ou Kwid E-Tech, quem leva a melhor nos modelos a bateria?
Aviação
Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Fujian e Gerald R. Ford são como forças aéreas móveis, capazes de se deslocar pelo mundo inteiro
MOTOO
5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

Confira opções de modelos interessantes de Honda, Yamaha, Royal Enfield, Bajaj e Dafra