Honda apresenta o N7X Concept, novo SUV de 7 lugares

Modelo deve substituir o BR-V em mercados asiáticos, mas mostra potencial para ser vendido em países como o Brasil
Honda N7X Concept

Honda N7X Concept | Imagem: Divulgação

Não foi desta vez ainda. O modelo inédito que a Honda revelou nesta segunda-feira na Indonésia não é o suposto ZR-V, mini-SUV que é cotado para ocupar o lugar o WR-V. Em vez disso, a marca japonesa revelou o N7X Concept, um novo utilitário esportivo com 7 lugares que substituirá o BR-V.

A apresentação virtual trouxe poucos detalhes do novo modelo, o primeiro lançamento global da montadora feito a partir da Indonésia. Embora seja chamado de ‘conceito’, o N7X certamente terá poucas mudanças na versão de produção.

O que se viu foi um utilitário esportivo de porte compacto, mas formas bastante elegantes. Nada da ousadia estética do HR-V e sim uma solução pragmática que equilibra espaço interno e linhas modernas. O N7X utiliza iluminação de LEDs nos faróis e lanternas com assinatura bastante interessante.

A Honda mostrou poucos detalhes do carro por dentro, mas é possível ver que o painel possui uma grande central multimídia instalada no centro do console, um acabamento que usa materiais de aparência mais simples.

O volante de três raios e a manopla de câmbio lembram itens já vistos em outros modelos. Já o painel de instrumentos parece ser analógico. Faltou sobretudo revelar como o SUV acomoda sete ocupantes, mas é de se imaginar que a solução seja a 5+2, em que os assentos da terceira fila oferecem espaço limitado.

Rival do Hyundai Alcazar?

O N7X, pelo estágio do modelo apresentado, parece bastante próximo do lançamento. Seu antecessor, o BR-V, está no mercado asiático desde 2016 e teve uma atualização há dois anos, portanto, a novidade pode ser lançada na região no final deste ano.

Honda N7X Concept
Honda N7X Concept
Imagem: Divulgação

Embora tenha enfatizado que o N7X foi feito para o público indonésio trata-se de um agrado comum das marcas, para reforçar os laços com o país de estreia. Pelas características do veículo, certamente a Honda planeja vendê-los em outros países emergentes como a Índia, onde poderia fazer um contraponto ao recém revelado Hyundai Alcazar, um Creta de 7 lugares.

É de se supor que o N7X deva utilizar uma plataforma comum a outros compactos como o City e com isso ter um custo de produção baixo, o que faria dele um modelo bastante atraente para mercados como o Brasil.

É cedo, no entanto, para afirmar algo, mas diante das mudanças na indústria automobilística mundial é sempre bom olharmos mais para Ásia do que em mercados maduros como os EUA e a Europa se quisermos entender como boa parte das montadoras pensa a nosso respeito.