Honda City híbrido: o que os indianos acharam do sedã que faz até 26 km/l

Nova versão agrada pela economia de combustível e condução suave
Honda City 2022

Honda City 2022 | Imagem: Divulgação

A Honda lançou na Tailândia a versão híbrida de um modelo muito conhecido por aqui. O City Hybrid estreia em alguns mercados da Ásia nos próximos meses, mas, apesar do pacotão de novidades anunciado pela fabricante no nosso país, ainda não há previsão de chegada ao Brasil.

Como a nova versão também seria interessante para cá, compartilhamos as impressões ao dirigir de Shapur Kotwal, da Autocar India, país que poderá colocar as mãos no City Hybrid em breve. 

Economia de combustível impressiona

O City e:HEV RS combina um motor 1.5 a gasolina de 98 cv e 12,9 kgfm, e dois motores elétricos, que, juntos, adicionam 109 cv ao conjunto propulsor. Estranhamente, a Honda não divulga a potência combinada, mas informa o torque combinado de 25,8 kgfm.

Embora não seja possível selecionar o modo 100% elétrico por conta própria, o City tem um comportamento bastante inteligente. Como na maioria dos carros híbridos, ele roda apenas com a eletricidade em baixa velocidade, mas basta pisar um pouco mais no acelerador para que o motor a combustão entre em ação.

O procedimento é semelhante no modo Eco, embora, neste caso, o motor a combustão também recarrega as baterias. Kotwal fez elogios ao funcionamento eficiente do sistema de regeneração. Como em alguns veículos eletrificados, existe a opção da função ‘B’ para ativá-lo.

“Seu funcionamento pode ser configurado por toques nos paddle shifts atrás do volante. São três níveis disponíveis, sendo que no último o veículo funciona quase como o sistema one pedal dos veículos elétricos, no qual se dispensa o uso do pedal do freio nas frenagens”, descreveu.

Como esperado, o City Hybrid se mostrou bastante econômico. Durante a avaliação feita pela Autocar India, realizada em boa parte do tempo no trânsito caótico de Bancoque, o City Hybrid obteve uma média impressionante de 20,8 km/l. 

“Na estrada espere algo em torno de 25 a 26 km/l”, estimou Shapur, alinhando o discurso com o da Honda, que informa média de consumo de até 26,5 km/l.

Acima o conjunto híbrido 1.5 i-MMD e:HEV
Acima o conjunto híbrido 1.5 i-MMD e:HEV presente no City eletrificado
Imagem: Divulgação

Conforto é palavra de ordem

É verdade que o City híbrido comete alguns deslizes na lista de itens de série. Para a Autocar India, a central multimídia ainda tem um visual bem parecido com o de um acessório não original e faltam alguns itens de conforto, como o suporte a Android Auto e Apple CarPlay sem fio e o carregamento de celular por indução.

De toda maneira, a publicação elogiou o bom pacote de assistências de condução.

“O City Hybrid também se diferencia quando você ativa o piloto automático com função adaptativa. Se eu quiser alterar a distância para o veículo da frente basta apertar um botão”. 

Na visão de Kotwal, a tecnologia forma uma combinação perfeita com a boa dirigibilidade, que pode variar de confortável para esportiva sem dificuldades.

“A condução é muito familiar e muito diferente ao mesmo tempo. É bem semelhante ao que já conhecemos, mas a Honda fez mudanças fundamentais em algumas partes. A qualidade de rodagem do City evoluiu muito na nova geração e o sedã pode ter uma condução até esportiva, com uma direção direta e uma carroceria que não rola tanto nas curvas. Parece que a estabilidade é boa, o que torna a condução bem divertida”

No fim das contas, a Autocar India aprovou a nova versão do City.

“Se você está procurando um sedã confortável e ecologicamente correto, e está com um orçamento mais folgado, o City Hybrid entrega um pacote único de qualidades”, concluiu.

Possibilidades para o Brasil

Apesar da Honda até o momento não sinalizar com a oferta do City eletrificado no Brasil, é fato que as normas de emissões em nosso país caminham para um nível de exigência em que a oferta de modelos híbridos por parte das montadoras será algo cada vez mais comum em um futuro próximo.

Portanto, como a marca já tem o veículo pronto em outros mercados emergentes, vale acompanharmos de perto a estratégia da Honda para sua família nacional de compactos. 

Honda City 2022
Honda City 2022
Imagem: Divulgação

Recomendados por AUTOO

Youtube
Choque de elétricos baratos

Choque de elétricos baratos

BYD Dolphin Mini ou Kwid E-Tech, quem leva a melhor nos modelos a bateria?
Aviação
Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Fujian e Gerald R. Ford são como forças aéreas móveis, capazes de se deslocar pelo mundo inteiro
MOTOO
5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

Confira opções de modelos interessantes de Honda, Yamaha, Royal Enfield, Bajaj e Dafra