Honda Civic desvaloriza menos que o Toyota Corolla, revela pesquisa

Empresa realiza levantamento analisando todas as versões dos sedans
Honda Civic 2017

Honda Civic 2017 | Imagem: Divulgação

Desde a década de 1990, Toyota Corolla e Honda Civic pavimentaram um caminho de muito sucesso entre os sedans médios aqui no Brasil. Hoje referências na categoria, os modelos são os mais procurados por quem deseja um modelo com essa proposta e não é sem razão, uma vez que oferecem ótimos conjuntos técnicos e mecânicos.

Graças à boa fama que contam por aqui, Corolla e Civic também são dois “cheques em branco” para seus proprietários na hora em que desejam revender seus carros. Com elevada liquidez, a dupla não para muito tempo nas lojas e também registra uma desvalorização mais comedida que grande parte dos rivais.

Já que estamos falando nesse assunto, a KBB Brasil divulgou nesta segunda-feira (9) um interessante levamento considerando toda a sua base de dados em que procurou confrontar Corolla e Civic tomando como base o "conceito de desvalorização, levando em consideração todo o período de vida dos modelos analisados", detalha.

Ao analisar todas as versões dos dois sedans, a conclusão foi que o Honda Civic tem uma desvalorização bem menor em relação ao Toyota Corolla. "A montadora vencedora apresenta maior estabilidade entre as versões, com média ponderada de 5,1%, enquanto a Toyota conta com diferença de 7,5%. Ainda assim, ambos encontram-se abaixo da média do mercado, hoje em torno de 8%", analisa a empresa responsável pela análise. 

De acordo com a pesquisa da KBB Brasil, o Honda Civic EX abre o levantamento com 4,4%, a menor desvalorização da batalha. Em seguida, o concorrente Toyota Corolla GLi 1.8 CVT Flex apresenta a taxa de 4,47%. Em 3º lugar, chegamos ao Honda Civic Sport 2.0 16V Flex manual, com 4,79% em queda de valor.

O Corolla domina as quatro últimas posições do ranking, com opções que apresentam maior desvalorização. Com 7,59%, a versão topo de linha do Toyota Corolla, no caso a Altis 2.0 16V CVT Flex, ocupa o 8º lugar. Na 9ª e 10ª posição, os modelos Corolla GLi manual e GLi Upper marcam presença com índices de 7,63% e 8,36%, respectivamente.

Curioso destacar que a versão tradicionalmente mais vendida do Corolla, no caso a XEi, apareceu no estudo da KBB Brasil como o sedan que mais perdeu valor no período analisado, desvalorizando 9,02%. Confira, abaixo, a tabela completa com todos os dados: 

 

Modelo/Versão

Taxa de desvalorização

HONDA CIVIC Sedan 4P EX 2.0 16V CVT FLEX Automático

-4,40%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P GLi 1.8 16V CVT FLEX Automático

-4,47%

HONDA CIVIC Sedan 4P SPORT 2.0 16V FLEX Mecânico

-4,79%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P XRS 2.0 16V CVT FLEX Automático

-4,86%

HONDA CIVIC Sedan 4P TOURING 1.5 TB CVT Automático

-5,14%

HONDA CIVIC Sedan 4P EXL 2.0 16V CVT FLEX Automátic

-5,14%

HONDA CIVIC Sedan 4P SPORT 2.0 16V CVT FLEX Automático

-7,48%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P ALTIS 2.0 16V CVT FLEX Automático

-7,59%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P GLi 1.8 16V MT6 FLEX Mecânico

-7,63%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P GLi UPPER 1.8 16V CVT FLEX Automático

-8,36%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P XEi 2.0 16V CVT FLEX Automático

-9,02%

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!