Jaguar Land Rover trabalha em SUVs compactos inéditos para suas marcas

Compartilhando plataformas com a BMW, grupo inglês quer uma base sólida de modelos
Grupo Jaguar Land Rover fortalece seus laços com a BMW

Grupo Jaguar Land Rover fortalece seus laços com a BMW | Imagem: Divulgação

Uma verdadeira revolução pode ser esperada para a Jaguar Land Rover na medida em que avançarmos para a próxima década. Como relata a Autocar, o grupo inglês pode aprofundar sua relação com a BMW nos próximos anos, o que pode influenciar consideravelmente a estratégia de lançamentos futuros do conglomerado britânico.

Apenas para situar, a Jaguar Land Rover e a BMW firmaram uma parceria no começo deste ano para desenvolver de forma conjunta sistemas de propulsão eletrificada (híbrido, híbridos plug-in e elétricos) para seus próximos carros. Contudo, fontes ouvidas pela revista inglesa sinalizam que o acordo parece muito mais prolífico do que era esperado.

Ao que tudo indica, a BMW poderá começar a fornecer motores a combustão de 4 e 6 cilindros para a Jaguar Land Rover, tanto em variantes convencionais como híbridas. Com isso, esse seria o primeiro passo para uma integração mais profunda entre as duas companhias, no caso com o compartilhamento de plataformas para modelos compactos.

De acordo com a edição indiana da Autocar, dois modelos compactos e muito eficientes da Jaguar estão em estágio inicial de desenvolvimento e aguardam apenas um sinal verde para avançar. Trata-se de um SUV posicionado abaixo do atual E-Pace. Esse modelo inédito também deverá contar com uma variante cupê mais esportiva derivada do mesmo projeto.

Esses dois SUVs compactos inéditos da Jaguar deverão adotar o padrão de nomenclatura atual da Jaguar (E-Pace, F-Pace...) e contar com projeto utilizando como base a plataforma FAAR, que a BMW aplica na nova geração do Série 1, contemplando tração dianteira.

Por parte da Land Rover, essa estratégia da fabricante inglesa pode resultar em um modelo muito interessante. Trata-se, segundo notícias de bastidores, do inédito Land Rover 80 ou um modelo de entrada da gama que poderá ressuscitar o nome Freelander dentro do portfólio global da marca.

Esse futuro modelo deverá contar com design inspirado na nova geração do Defender, mas, apesar do porte menor, ainda oferecer espaço para 5 pessoas e espaço volumétrico suficiente no porta-malas para atender uma família em suas viagens.

Por fim, chegando à segunda metade da próxima década, as novas gerações do Range Rover Evoque e do Land Rover Discovery Sport podem mudar para plataformas BMW, uma vez que isso facilitaria a acomodação do novo sistema de propulsão eletrificado que as marcas inglesa e alemã vão desenvolver em conjunto a partir de agora. Vamos acompanhar de perto como tudo isso de desenvolverá a partir de agora.

 

Novo Defender finalizando testes: visual pode inspirar o futuro SUV de entrada da Land Rover
Novo Defender finalizando testes: visual pode inspirar o futuro SUV de entrada da Land Rover
Imagem: Divulgação

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!