Jeep trabalha em inédito propulsor 1.5 GSE com sistema híbrido-leve

Família de propulsores compactos turbo deve ganhar mais um integrante em breve
Motor 1.3 GSE: novidade da Stellantis traz como diferencial o comando de válvulas variável MultiAir

Motor 1.3 GSE: novidade da Stellantis traz como diferencial o comando de válvulas variável MultiAir | Imagem: Divulgação

Aos poucos, os motores da família GSE passam a figurar sob o capô de cada vez mais modelos do grupo Stellantis aqui no Brasil.

Atualmente, o propulsor 1.3 turboflex está presente na Fiat Toro, Jeep Compass, Jeep Commander e, em breve, no Jeep Renegade.

Já o Fiat Pulse foi o responsável por estrear o 1.0 turbo GSE no país, propulsor que deverá figurar também em modelos das francesas Peugeot e Citroën por aqui. 

No entanto, há uma outra variante da família em desenvolvimento. Trata-se do 1.5 GSE, que está em testes na Europa.

O perfil GabetzSPYUnit postou no Instagram as fotos do Jeep Renegade e Compass testando o novo propulsor. Um logotipo com a letra “e” e os avisos de risco de choque elétrico no para-brisa (afinal, é um veículo experimental) denunciam a novidade debaixo do capô.

Não há informações sobre a potência do motor, mas é quase certo que ele será híbrido, com sistema de 48V. O pequeno motor elétrico teria entre 15 e 25 kW de potência e poderia auxiliar o motor a combustão até o veículo alcançar cerca de 130 km/h. O propulsor a gasolina será turbo e deve ser acoplado ainda a uma transmissão automática de sete marchas.

De acordo com o site Mopar Insiders, a tendência é de que o novo motor 1.5 turbo GSE seja lançado ainda no primeiro semestre de 2022. Porém, a tendência é que este propulsor seja exclusivo da Europa, ao menos em um primeiro momento. Por isso há grandes chances dele não vir para o continente americano.

Jeep Renegade 2023
Jeep Renegade deve ganhar novo motor híbrido na Europa 
Imagem: Divulgação