Leitor flagra o sucessor do Ford Ka

Novo carro será apresentado no Brasil na próxima semana; nome Escort pode voltar

A versão mais cara pode adotar o motor 1.5 Sigma | Imagem: AUTOO/Rodrigo Pagano

A divisão brasileira da Ford está prestes a completar a renovação total de sua linha de automóveis, que será composta somente pelos chamados “carros globais”, que são fabricados em diferentes partes do mundo seguindo configurações muito semelhantes. Depois de Fiesta, Ranger, EcoSport, Fusion e Focus, agora é vez do Ka e do Fiesta Rocam saírem de cena para a chegada de um inédito compacto, cujo nome ainda é misterioso.

AUTOO mostrou projeções exclusivas de como será esse modelo nesta semana e agora recebeu imagens de protótipos flagrados pelo leitor Rodrigo Pagano sendo testados com disfarces na Rodovia Carvalho Pinto, em São Paulo (SP).

O novo carro vai deixar a Ford “melhor servida” no segmento de compactos populares, já que o Ka atual e o Fiesta Rocam caminham para seus últimos momentos no mercado brasileiro. Ambos os modelos já são projetos antiquados comparados à realidade do segmento, que nos últimos dois anos recebeu uma avalanche de novos produtos (Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Toyota Etios, Fiat Palio, Nissan March, entre outros).

A Ford já avisou que vai apresentar um “novo carro global” no próximo dia 12 de novembro, mas ainda não diz o que ele representa exatamente. No entanto, deve ser importante, já que até Bill Ford, presidente do conselho mundial da montadora e bisneto de Henry Ford, fundador da empresa, estará presente no evento ao lado de outras autoridades políticas na fábrica do grupo em Camaçari (BA).

Conforme o AUTOO apurou, o sucessor do Ka poderá até adotar outro nome que, aliás, é um velho conhecido do público brasileiro: Escort. Esse novo carro também vai ter uma variação sedã, que deve ser lançado mais adiante, após a divulgação do hatch.

Projeção: Veja como será o novo compacto global da Ford

Quanto às motorizações, o novo compacto da Ford poderá ser impulsionado pelo novo motor 1.0 EcoBoost (mas sem turbo), com apenas três cilindros (quando o mais comum são quatro), na versão de entrada, ao passo que um modelo mais refinado deve receber o bloco 1.5 Sigma, que equipa a versão de entrada do New Fiesta nacional.

Segundo fontes, o novo hatch de entrada da Ford será lançado no Brasil até março de 2014 numa faixa de preços entre R$ 27 mil e R$ 40 mil.