A fabricante brasileira Lobini Veículos, que produz o esportivo H1, continua na ativa, apesar de andar um pouco escondida na mídia. Para voltar aos holofotes, a marca estabelecida em Cotia (SP) acaba de lançar a série especial White Edition para seu produto, que como o próprio nome indica tem pintura características nos tons branco pérola ou branco sólido, além de trazer também o jogo de rodas TSW aro 17” com o acabamento diferenciado em grafite.

Apesar da produção nacional, a Lobini cobra caro pelo H1 White Edition. O modelo custa R$ 170.000 mais o frete. Esse valor elevado é por conta de suas peças importadas.

Lobini H1 White Edition
Divulgação

A capota do H1 é removida ou recolocada de forma manual, por isso ele é um Targa

O motor, por exemplo, é o 1.8 Turbo fornecido pela Audi, que pode ser configurado para desenvolver 180 cv ou 220 cv. O câmbio, também da marca alemã, é manual de 5 marchas. A tração é apenas no eixo traseiro e os pneus são assimétricos, sendo os dianteiros na medida 205/45 e os de trás, mais largos, no tamanho 225/45. O H1 também tem suspensão independente nas quatro rodas com ajuste esportivo.

Lobini H1 White Edition
Divulgação

O interior do Lobini possui peças de diversos carros. O painel, por exemplo, tem peças de Ford Ka

A Lobini ainda afirma ter melhorado os materiais para isolamento térmico e acústico e o extrator de ar na traseira, que ajuda na estabilidade do carro, agora é de fibra de carbono. Já a capota segue no estilo Targa, com remoção e instalação manuais.

A fabricante paulista afirma que o H1 (de 180 cv) acelera do 0 aos 100 km/h em 6 segundos e atinge a velocidade máxima de 230 km/h. Os veículos são vendidos sob encomenda.

Thiago Vinholes

|