Maverick ou Ranger: qual é a escolha racional entre as picapes da Ford?

Novidade importada do México conta com valor semelhante ao de algumas versões da picape média
Ford Ranger e Maverick: propostas diferentes, preços semelhantes

Ford Ranger e Maverick: propostas diferentes, preços semelhantes | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Novidade importante para tornar mais robusto o portfólio de modelos da Ford no Brasil, a Maverick começou a ser vendida neste mês com uma estratégia bem definida. 

Ao optar somente por trazer ao país a Maverick em seu catálogo mais completo, no caso a versão Lariat FX4 tabelada em R$ 239.990, a Ford aposta no alto desempenho da picape e sua ótima qualidade dinâmica para se destacar no segmento de modelos intermediários, hoje amplamente liderado pela Toro. 

Uma questão importante envolvendo a Maverick, em especial ao olharmos para a própria gama atual da Ford, diz respeito a uma certa sobreposição de valores entre o modelo importado do México e a Ford Ranger, atual picape média da marca. 

Valores 

Basicamente, ao tomarmos como referência o preço da Maverick, quem visitar uma concessionária da Ford poderá encontrar a Ranger em três interessantes opções também gravitando nos R$ 240 mil. 

Talvez a mais direta delas é a Ranger XLS 2.2 diesel com tração 4x4 e câmbio automático de 6 marchas, que hoje está no mercado por R$ 243.990.  

Estamos falando de duas concepções de picapes muito diferentes, com a Ranger ostentando a tradicional receita de carroceria sobre chassi, enquanto a Maverick privilegia o rodar suave e estável proporcionado pela estrutura monobloco. 

Mesmo assim, o equilíbrio e bom custo-benefício da Ranger XLS citada anteriormente são duas características que vale a pena enfatizarmos. 

Pelo valor em questão, a picape média traz de série 7 airbags, central multimídia com câmera de ré, sensor de estacionamento, rodas de liga leve aro 17”, o controle de algumas funções do veículo diretamente no smartphone por meio do aplicativo FordPass, entre outros itens. 

Se não é tão esportiva na parte dinâmica, ao menos a Ranger tem o diferencial de transportar mais de uma tonelada na caçamba e traz a mecânica baseada na motorização diesel, algo que muitos consumidores de picapes julgam importante. 

Versões

Interessante pontuar ainda que a própria Ford lançou uma configuração da Ranger orientada para quem considera o uso da picape em um ambiente urbano. A Ranger Black, como é chamada, tem preço mais acessível (R$ 214.090), porém abre mão da tração 4x4 por conta de sua proposta. 

Mas algo que talvez o potencial cliente da Maverick também deve ficar atento é em uma das configurações mais interessantes da gama Ranger atual. 

Estamos falando da versão Storm (R$ 246.190), a qual ainda permanece em uma faixa de preço semelhante a da Maverick e tem como um de seus principais atributos a motorização 3.2 turbodiesel de 200 cv. 

Assim como a Ranger XLS, também encontramos na Storm o sistema de tração 4x4 e câmbio automático, sendo que a lista de equipamentos de série também é semelhante, mudando na Storm apenas o visual com apelo aventureiro, presente em itens como os adesivos laterais e a grade frontal própria da versão. 

A Ranger também pode receber como acessório a mesma opção de capota rígida com acionamento elétrico, recurso que favorece muito a praticidade no uso cotidiano da picape e garante alto nível de proteção para eventuais bagagens e objetos colocados na área de carga da picape. 

Em resumo, se considerarmos os atributos técnicos e de mercado das duas picapes, é fato que a gama Ranger demonstra contar com opções mais racionais na comparação com a Maverick. 

Obviamente, como mencionado em parágrafos anteriores, as propostas dos dois modelos são bem particulares e talvez o consumidor de uma Maverick sequer considere a compra de uma Ranger e vice-versa, porém, para quem ficar indeciso na hora de destinar seu dinheiro, talvez a picape média conte com apelo superior, em especial na versão Storm.

Vamos acompanhar se, quando a nova geração da Ranger estrear no Brasil em 2023, a conclusão desta análise será mantida. 

Ford Ranger e Maverick: propostas diferentes, preços semelhantes

Ford Ranger e Maverick: propostas diferentes, preços semelhantes

Ford Ranger Storm

Ford Ranger Storm