Em 2023 no Brasil: nova geração da Ford Ranger é revelada!

Picape estreia com motores mais eficientes e melhorias dinâmicas
Ford Ranger 2023

Ford Ranger 2023 | Imagem: Divulgação

A Ford revelou globalmente nesta quarta-feira (24) a nova geração da Ranger, que já está com a estreia confirmada para 2023 no mercado brasileiro. A produção regional, como ocorre hoje em dia, seguirá na Argentina. 

Como já havia anunciado anteriormente, a Ford promete que a nova geração da picape será a “mais inteligente, versátil e capaz” já produzida. 

Na Europa, a Ranger atualizada contará em seu catálogo mais sofisticado com motorização 3.0 V6 turbodiesel, que deverá oferecer nível de desempenho superior para a picape em suas versões mais caras.

Além do V6, a picape fará sua estreia no Velho Continente trazendo como alternativa o 2.0 diesel com a opção de um ou dois turbos, sendo que o primeiro será voltado para aplicações comerciais da picape, uma vez que oferecerá menor consumo, enquanto a variante biturbo foca na performance apurada. 

Apesar de preservar a plataforma (T6) atual, a nova Ranger passou por profundo trabalho de atualização do chassi e suspensão para melhorar tanto o conforto bem como a dinâmica ao rodar. Segundo a Ford, o entre-eixos e a bitola da nova Ranger foram ampliados em 50 mm na comparação com a picape atualmente vendida. 

A Ford adianta que o ganho no entre-eixos ocorreu com um reposicionamento das rodas dianteiras, aproximando-as da parte frontal da picape. Com isso, segundo a fabricante, ocorreram ganhos no ângulo de ataque e uma melhor articulação do conjunto no uso off-road. Os amortecedores traseiros também são novos e contam com pontos de fixação revistos para permitir melhor controle dinâmico da picape e um rodar mais suave e próximo ao de um carro de passeio, acrescenta a Ford. 

Leia também: 
No Brasil em 2023: o que podemos esperar da nova Ford Ranger
Nova geração da Ford Ranger pode ter até versão elétrica
Ford prepara despedida da Ranger atual com séries especiais

A nova Ranger vai oferecer duas opções de tração 4x4. Uma delas será um sistema convencional com a função shift-on-the-fly, que permite a troca por meio de um sistema eletrônico entre os modos 4x2 ou 4x4 mesmo com o veículo em movimento. Já a alternativa será uma tração integral permanente. A fabricante não esclareceu em quais mercados ou configurações será possível escolher o mecanismo de motricidade para as rodas. 

O conjunto óptico da picape segue o novo estilo de design da marca e adota o padrão em “C”, trazendo pela primeira vez na gama Ranger o sistema de iluminação com matriz em LED, um dos mais sofisticados do mercado. 

Reforçando a conectividade, a nova Ford Ranger traz o sistema multimídia Sync 4 e pode receber telas de 10,1” até 12” dependendo da versão. Assim como ocorre com a Ranger atual, a nova geração segue com o sistema FordPass, que permite, por meio de um aplicativo dedicado, gerenciar e controlar algumas funções da picape por meio de um aplicativo no smartphone. 

Ainda no campo da tecnologia, a nova Ranger contará com recursos como o sistema de câmeras 360º, entre outros assistentes de condução. 

Um ponto que será bastante explorado na Ranger 2023 será a acessorização, com mais de 150 diferentes itens criados pela Ford para atender as mais diversas necessidades dos consumidores. 

A marca norte-americana vai revelar mais detalhes técnicos e demais dados sobre a nova Ranger em uma etapa próxima ao lançamento.

A produção da nova Ranger terá início nos primeiros meses do ano que vem nas plantas da Ford na África do Sul e Tailândia, atendendo alguns mercados específicos. 

Tags