Mercedes-Benz mostra o futuro nacional GLA no Brasil

Jipinho urbano chega ao País no segundo semestre com motorização 1.6 de 156 cv

Mercedes-Benz GLA, mostrado pela primeira vez no Brasil na festa Top Night | Imagem: Karina Simões

Na noite da última terça-feira (28), a Mercedes-Benz realizou a tradicional festa Top Night, em São Paulo, onde mostrou pela primeira vez no Brasil - a um seleto número de convidados - o SUV compacto GLA, que chega ao País no segundo semestre de 2014.

O jipinho urbano é o quarto integrante da nova família de compactos da Mercedes-Benz, que inclui o hatch Classe A, a minivan Classe B e o sedã CLA (avaliado recentemente pelo AUTOO). Os quatro modelos compartilham a mesma plataforma.

Para o Brasil, o GLA virá, em um primeiro momento, importado da Alemanha na versão GLA 200 e com um pacote completo de equipamentos. Segundo a Mercedes, o modelo receberá a mesma motorização 1.6 turbo de 156 cv que equipa seus irmãos compactos. Em 2016, quando o jipinho começar a ser produzido no Brasil, na planta que está sendo erguida em Iracemápolis, é aguardada também uma motorização flex. A montadora ainda não falou em valores.

O GLA foi lançado mundialmente na última edição do Salão de Frankfurt, onde pudemos conferir de perto o crossover e constatar que o forte apelo visual é, de fato, um de seus principais atributos. O teto baixo, a carroceria elevada e as grandes caixas de rodas dão ao SUV um ar imponente. O utilitário esportivo mede 4,42 metros de comprimento, 1,80 m de largura e 1,49 m de altura.

Na europa o GLA é oferecido com duas opções de motores a gasolina, o 1.6 de 156 cv e o 2.0 de 211 cv ambos com injeção direta e turbo e acoplados a uma transmissão automatizada de dupla embreagem e sete marchas (7G-DCT).