Mercedes SL65 AMG é um absurdo

Versão superesportiva do novo roadster tem motor 6.0 V12 biturbo de 630 cv

Mercedes-Benz SL65 AMG | Imagem: Mercedes-Benz

Os engenheiros da Mercedes-Benz dominam como poucos a arte de fazer carros esportivos de tirar o fôlego. Não contente com o SL63 AMG, a primeira versão esportiva feita na base do novo SL, a marca alemã agora ataca com o SL65, a versão máxima da série e capaz de se impor até mesmo sobre o SLS AMG, o superesportivo com as portas no estilo asa-de-gaivota.

Em vez de utilizar um motor V8, como é o caso do SL63 (com “apenas” 435 cv), o “65” foi equipado com nova versão do bloco 6.0 V12 biturbo que gera colossais 630 cv e um “coice” de 101,9 kgfm de torque máximo. É muita coisa!

Galeria de fotos: Mercedes-Benz SL65 AMG

Ligado ao motorzão 12 “canecos” vai a transmissão automática sequencial de 7 velocidade, que conta também com comandos de troca de marcha no volante. Segundo a Mercedes, essa combinação mecânica é um tanto explosiva. A nova geração do SL65 AMG vai do 0 aos 100 km/h em meros 4 segundos e para atingir os 200 km/h são necessários apenas 11,8 s. Já a velocidade máxima é limitada em 250 km/h.

Comparado a linha anterior, o desempenho do SL65 pouco muda no que diz respeito a sua capacidade de aceleração. Por outro lado, o consumo de combustível foi reduzido em 17%, mesmo com o acréscimo de 18 cv. A marca afirma que o modelo registra médias de 8,6 km por litro de gasolina (somados os regimes urbano e rodoviário).

Tal evolução no gasto com combustível, conforme informações da montadora, foi conseguida com a introdução de um novo sistema de injeção direta de gasolina e o emprego do sistema “ECO start/stop”, que desliga o motor em paradas curtas, como em semáforos e situações de trânsito, e o re-liga automaticamente quando o freio é aliviado. A Mercedes também conseguiu reduzir em 170 kg o peso do carro na comparação com a geração passada e estacionou nos 1.950 kg (vazio).

Outras novidades no carro são a suspensão ativa, que varia sua resposta de acordo com dois programas pré-determinados (Sport e Comfort), teto panorâmico com transparência regulável e o sistema Airscarf, que aquece o pescoço dos ocupantes em passeios de capota aberta com a temperatura externa baixa.

A Mercedes-Benz avisou que começa a vender o novo SL65 AMG na Europa a partir de setembro deste ano com preços começando em € 236.334, cerca de R$ 571.334 (sem impostos e taxas brasileiras). No Brasil, o modelo deverá ser oferecido por encomenda.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!