Novo Cerato muda de patamar e preço

Kia passa a cobrar R$ 67.400 pela versão manual e R$ 71.900 pela automática

Novo Kia Cerato | Imagem: Divlugação

A Kia deu o famoso upgrade no Cerato, seu veículo mais vendido no Brasil. O sedã médio agora passa a brigar diretamente com o Corolla e o Civic, modelos de maior sucesso nesse segmento, além de travar uma briga direta com o seu “primo”, o Hyundai Elantra.

O motor, por exemplo, é o mesmo 1.6 flex Gamma, com 16 válvulas e 128 cv de potência com uso de etanol. A transmissão tem 6 marchas na versão manual e seis velocidades na automática, que conta também com borboletas atrás do volante.

O novo sedã é 30 cm mais longo, 5 cm mais largo e 2,5 cm mais baixo que o anterior.O entreeixos também foi ampliado para 2,7 m, que é um pouco acima da média da categoria. O porta-malas tem 421 litros, segundo o padrão VDA.

Ao contrário do Cerato de 2009, a nova geração terá apenas duas versões à venda, manual, por R$ 67.400 e automática, por R$ 71.900. O preço reflete a promoção de categoria que o Cerato teve. A geração anterior, que custa hoje R$ 52.800, brigava originalmente com sedãs como o City e o Linea. Os novos preços o deixaram mais próximos dos rivais japoneses, mas ainda assim, mais em conta que o Elantra mesmo com os 30 pontos percentuais extras de IPI.

Veja avaliação do Kia Cerato 2014 feita pelo AUTOO nesta terça-feira (09).

Assine a newsletter semanal do AUTOO!