Novo Land Rover Defender dará origem a uma família de modelos

Marca inglesa prepara uma gama completa de derivados do novo Defender
Acima o Defender Concept 100, que antecipa o visual da nova geração de um dos modelos mais emblemáticos da Land Rover

Acima o Defender Concept 100, que antecipa o visual da nova geração de um dos modelos mais emblemáticos da Land Rover | Imagem: Divulgação

Mexer em um carro com uma história tão rica como é o caso do Land Rover Defender é algo que exige um planejamento muito preciso.

E é para fazer jus ao legado do tradicional jipe inglês que a marca prepara com calma o sucessor do Defender, que deverá ser conhecido apenas em 2020.

Tamanha demora não é sem razão. Segundo os ingleses da Autocar, uma boa fonte a ser ouvida quando se trata de uma marca local, a Land Rover trabalha não apenas em um novo Defender, mas a ideia é ampliar o projeto para que seja lançada uma família inteira de modelos inéditos com proposta derivada do Defender.

Seguindo essa lógica, a gama Land Rover ficará estruturada com a Range Rover ocupando o segmento de alto luxo; a gama Discovery e seus derivados mesclando apelo off-road com a versatilidade e nível de acabamento superior também para o uso urbano e a inédita linha Defender com produtos que contem com nível de acabamento premium, porém com elevada vocação para o uso off-road.

Desenvolvido na sede da companhia em Whitley sob o projeto L663, a demora para o lançamento da nova geração do Defender pode ser explicada por vários motivos. Um deles é que o modelo já está sendo projetado utilizando a nova plataforma MLA (Modular Longitudinal Architecture), que contempla o uso de alumínio na construção do veículo. Para atender os entusiastas do uso fora de estrada, um dos grandes apelos do Defender, a Land Rover deverá fazer uso de vários assistentes de condução com tecnologia de ponta para melhorar o desempenho do novo Defender nesse quesito. Logo, podemos esperar um bom nível de tecnologia no jipão projetado no século XXI.

Outra questão que explica um certo atraso para o lançamento do novo Defender é que o conceito DC100 que você confere nas fotos, o qual antecipava os caminhos em termos de design que a Land Rover tomaria para o sucessor do Defender, não causou o sucesso que a marca esperava e o time de design pediu mais tempo para refazer as linhas do novo modelo.

Graças à nova plataforma, podemos esperar também um salto considerável no leque de opções de propulsão para o novo Defender. São esperadas variantes híbridas, híbridas plug-in e até uma opção totalmente elétrica. As versões a combustão tradicionais deverão utilizar motores de 4 cilindros da família Ingenium e o 6 cilindros sobrealimentado para as configurações topo de linha.

Segundo os colegas da Autocar, de cara são esperadas três carrocerias para o novo Defender, que muito provavelmente deverão manter a designação 90 e 110 como ocorria até então, uma referência à distância entre-eixos do Defender anterior expressa em polegadas.

Com isso, o futuro Defender 90 teria uma carroceria 2 portas e foco no comportamento dinâmico, talvez com um caráter mais esportivo. Ele deverá ter opção de teto rígido removível e uma proposta semelhante ao que notamos hoje no Jeep Wrangler.

Já o novo Defender 110, por sua vez, seria baseado em uma versão com entre-eixos longo da plataforma MLA e carroceria 4 portas. Mais versátil e parrudo para o uso longe do asfalto, a Land Rover pode dar uma conotação próxima ao Mercedes-Benz Classe G para esta opção do novo Defender.

Ainda baseada na estrutura do Defender 110, a Land Rover pode investir em uma picape de médio porte. A ideia seria até um caminho natural uma vez que o Defender contava com a variante em questão e a procura por picapes está ganhando uma relevância cada vez maior.

De qualquer forma, segundo fontes ouvidas pela revista inglesa, a Land Rover espera com a releitura do Defender repetir o feito de alguns carros icônicos como é o caso das gerações mais recentes de MINI e Fiat 500, modelos que conseguiram trazer para a modernidade os traços mais característicos e que garantiram a esses modelos um lugar permanente na história automotiva mundial. Vai ser muito interessante conferir o que a Land Rover prepara!

Assine a newsletter semanal do AUTOO!