Novo McLaren entra para o clube dos carros mais velozes do mundo

Superesportivo híbrido precisa de 2,8 segundos para fazer o 0 a 100 km/h e alcança 350 km/h

McLaren: 2,8 segundos para cumprir o 0 a 100 km/h | Imagem: Divulgação

O seleto grupo de supercarros capazes de alcançar 100 km/h em menos de 3 segundos e que superam os 300 km/h ganhou mais um sócio: o McLaren P1. O insano veículo supera tudo o que a marca já tinha feito em sua história em termos de performance, inclusive o desempenho da lendária F1.

Capaz de atingir os 100 km/h em 2,8 s e com velocidade máxima limitada eletronicamente a 350 km/h, a McLaren P1 é um verdadeiro carro de corrida homologado para as ruas. O propulsor do superesportivo inglês é um 3.8 l biturbo que trabalha em conjunto com um motor elétrico, tornando-o um dos híbridos mais poderosos do mundo, com uma potência combinada de 903 cv.

Veja também: Lamborghini lança superesportivo sem teto

No entanto, os incríveis números da McLaren não param por aí. Para alcançar 200 km/h partindo da imobilidade, o P1 leva apenas 6,8 segundos e, para chegar nos 300 km/h, 16,5 segundos. Isso significa que ela alcança 300 km/h em um período semelhante ao tempo que um popular 1.0 leva para alcançar os 100 km/h!

Se o incrível desempenho não for o suficiente, o McLaren P1 ainda tem outros atrativos para conquistar corações. A produção, feita por 82 técnicos, segundo a marca, demora 17 dias para completar cada unidade do esportivo. Tal esmero resulta em uma restrita produção de apenas 375 unidades do P1.

Depois de tudo isso, que tal conferir algumas belas imagens em nossa galeria de fotos e assistir o vídeo abaixo onde é possível ouvir o ronco dos motores da McLaren P1?

Assine a newsletter semanal do AUTOO!