Novo Renault Duster turbo é flagrado na Argentina. Brasil ainda espera

Para o país vizinho, nova geração do SUV deve estrear apenas no ano que vem e será importado da Colômbia
Renault Duster turbo flagrado na Argentina

Renault Duster turbo flagrado na Argentina | Imagem: Reprodução / Argentina Autoblog

Lançada no Brasil em março, a nova geração do Renault Duster abriu mais uma página na história do SUV. Fabricado em São José dos Pinhais (PR), o modelo ficou devendo alguns elementos, porém. A opção 4x4 deixou de ser oferecida e o aguardado motor turbo não chegou, sendo mantido o flex 1.6 antigo da família SCe.

No entanto, a história deve ser diferente no restante da América Latina. Na Argentina, por exemplo, o novo Renault Duster ainda não chegou. Isso acontece porque o país vizinho é atendido pela fábrica colombiana da empresa. Se de um lado o SUV chegará com atraso naquele mercado, por outro, já chegará turbinado.

Saiba mais: no Brasil, Captur deve estrear motor 1.3 turbo da Renault

Os colegas do Argentina Autoblog flagraram uma unidade deste novo Renault Duster turbo circulando na região de Córdoba (ARG), mostrando camuflagens na dianteira e na traseira. O modelo fabricado na Colômbia deverá manter o mesmo visual visto no mercado brasileiro, mas deve estrear por lá apenas na metade do ano que vem.

Segundo a publicação a ideia é que a nova geração do SUV já estreie com o 1.3 turbo a gasolina desenvolvido em parceria pela Mercedes-Benz e a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. Ele deve entregar 155 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. O propulsor poderá ser associado a uma transmissão automática e à tração 4x4. A Renault da Argentina já afirmou que o novo Duster por lá deverá se manter como o veículo de tração integral mais acessível daquele mercado.

Renault Duster turbo flagrado na Argentina
Renault Duster turbo flagrado na Argentina
Imagem: Reprodução / Argentina Autoblog
Assine a newsletter semanal do AUTOO!