Muitas dúvidas sobre o projeto 327 foram respondidas e outras surgiram. O compacto que a Fiat lançará no Brasil em maio pretende um dia substituir o atual Mille, mas seu nome ainda não foi divulgado. Até mesmo entre os concessionários da marca o número “327” é usado, como ficou claro após o vazamento de um catálogo do modelo na internet.

O material, publicado pelo blog Pit Stop Brasil, explica quase tudo sobre o modelo, menos o seu nome e em qual faixa de preço ele será lançado. A Fiat definiu que o 327 terá quatro versões, duas com motor 1.0 e duas com motor 1.4. O modelo terá um catálogo de 13 cores, uma delas um verde chamativo como mostra o exemplar flagrado pelo blog Motorgerais.

O popular poderá ser comprado na versão Vivace 1.0 ou Way 1.0. O motor é o mesmo usado atualmente, mas ganhou a sigla HPP LF, que significa a grosso modo, “alta performance com baixa fricção”. Sua potência pulou de 65/66 cv para 70/71 cv e o torque melhorou apenas 0,2 cv. A Fiat buscou priorizar, sobretudo, o consumo, embora esses dados não tenham sido divulgados no catálogo.

Já o 1.4 terá a opção da versão Attractive e Way também. O motor é o mesmo 1.4 atual, mas com a sigla EVO que, tal qual o 1.0, busca consumo mais eficiente e emissões menores. Tanto assim que seu desempenho continua o mesmo.

Visual leve ou robusto

Seguindo a linha do atual Mille, a Fiat oferecerá o 1.0 Vivace e 1.4 Attractive com visual mais limpo, e o Way 1.0 e 1.4 com estilo robusto e suspensão mais alta. As rodas do Vivace são de aro 13 enquanto os demais usam aro 14 – pneus Scorpion ATR no Way.

Apesar de ser novidade, o novo Uno só traz como vantagem o espaço interno aprimorado. Embora seja um pouco mais curto que o Palio, o 327 é tão largo e com entreeixos tão grande quanto ele. A altura, de quase 1,5 m, o que deve refletir num interior avantajado. Os bancos podem ser rebatidos e serem bipartidos como opcional. O porta-malas deve ter 290 litros, na média da categoria.

Já o painel mistura simplicidade com alguns atributos mais completos. O cluster é dominado pelo mostrador analógico do velocímetro que incorpora um pequeno visor digital circular com informações sobre o tanque, temperatura e computador de bordo – nas versões top há um discreto conta-giros na esquerda. Parecido com o Linea, existe um pequeno painel perto da porta para mais ajustes como o que desliga e liga os airbags.

Ar-condicionado (ou ventilação) e rádio são simples e os comandos elétricos dos vidros, nas versões que o trazem, ficam no console central, com botões semelhantes aos do Fiat 500.

Quanto vale?

Por mais que tenha utilizado componentes conhecidos, a Fiat tem um bom investimento a ser amortizado no projeto 327. Ou seja, embora ofereça um produto aparentemente semelhante ao Palio – e bem superior ao Mille -, o novo Uno dificilmente custará menos que este. A hipótese mais provável é que a versão Vivace seja lançada a partir de R$ 29 900, ou algo assim enquanto o 1.4 Attractive custe R$ 3 mil a mais – as versões Way certamente incrementarão este preço um pouco mais.


Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/