Novos Sandero e Logan devem ganhar câmbio robotizado

Renault registra marca de embreagem automatizada e deixa vazar imagem com equipamento. Novidade chegará em 2014

Alavanca exposta num banner no lançamento do Logan é de um sistema automatizado | Imagem: Reprodução

A Renault guardou uma novidade para o novo Logan apenas para 2014, o câmbio automatizado. O equipamento usa um sistema de embreagem robotizado e tem a vantagem de ser mais barato que a tradicional transmissão automática. O item também deve estrear em conjunto com o novo Sandero, em meados do ano que vem.

Durante o lançamento do sedã há algumas semanas, a marca (por descuido ou não) expôs um banner que mostrava uma alavanca de câmbio automatizado (foto ao lado) ao lado da sala de imprensa do evento. Questionada sobre o assunto, a Renault disse que se tratava de uma versão “argentina”, usada por engano.

Mas AUTOO descobriu que a montadora francesa registrou no INPI (órgão de patentes brasileiro) uma marca reveladora: “REC”, sigla para “Robotized Efficient Clutch”, ou algo como embreagem robotizada eficiente.

O equipamento consiste num atuador mecânico que faz o papel do pedal de embreagem. Com isso, a cada troca, o próprio sistema se encarrega de afastar o disco de embreagem para encaixar a marcha. Isso pode ser feito por acionamento manual ou automaticamente, daí a confusão com a transmissão automática tradicional, que usa outra tecnologia.

Veja também: avaliação do novo Logan 2014

O lado bom do sistema que a Renault registrou é ser bem mais barato e se destacar pela economia de combustível, já que o desempenho é semelhante ao do câmbio manual. Como o Logan e o Sandero são voltados para um público que se preocupa com consumo, oferecer essa opção parece mais interessante. Confrontado com a ideia, o diretor de marketing da Renault, Bruno Hohmann se espantou, mas depois reconheceu: “o câmbio automatizado está sendo estudado, sim, com outros sistemas”.

Se seguir a regra da geração anterior, o Logan automatizado deve ganhar o motor 1.6 16V, que está ausente da linha hoje.