Por R$ 140 mil, vale mais o Caoa Chery Arrizo 6 Pro Hybrid ou Tiggo 5x Pro?

Sedã tem porta-malas maior e tecnologia híbrida; o SUV tem posição de dirigir elevada e acomoda melhor os mais altos
Pelo preço de um sedã médio Caoa  Chery Arrizo 6 Hybrid é possível levar um SUV  compacto Tiggo 5X Pro

Pelo preço de um sedã médio Caoa Chery Arrizo 6 Hybrid é possível levar um SUV compacto Tiggo 5X Pro | Imagem: Divulgação

É fato que os SUVs estão conquistando cada vez mais os consumidores brasileiros. Segundo a Fenabrave, em janeiro de 2022, o segmento dos utilitários esportivos representou 50,79% dos emplacamentos, ou seja, mais da metade das vendas de carros novos no Brasil.

VEJA TAMBÉM:

Indo nessa direção, o dos SUVs compactos estão entre os preferidos e a Caoa Chery oferece o Tiggo 5x Pro, um modelo que é fabricado desde o final de 2018 em Anápolis, GO.

Entre os seus pontos positivos, o sedã conta com motor 1.5 Turbo TCI flexível que garante até  150 cv de potência quando abastecido com etanol e 147 cv de potência quando colocado a gasolina, sempre a 5.500 rpm. Já seu torque é de  21,4 kgfm independente do tipo de combustível e está disponível a partir das 1.500 rpm. A transmissão é automática do tipo CVT que simula nove marchas.

Estes dados técnicos se traduzem na aceleração de zero a 100 km/h em 10,3 segundos e velocidade máxima de 193 km/h, considerando que o modelo pesa 1.174 kg. 

Com estes números, o Tiggo 5x se torna uma opção bem interessante para aqueles que buscam por agilidade e acima de tudo conforto. Para isso, o jogo de pneus nas medidas 215/60 R17 com altura do flanco de quase 13 cm, o que filtra bem as irregularidades do piso brasileiro.

Por falar em altura, a frente dificilmente raspa em valetas ou lombadas, graças ao bom ângulo de ataque de 23,4º, o que se equipara à líder de vendas, a picape Fiat Strada, com seus 23,2°. O ângulo de saída (31,5°) também agrada, que juntamente com seus generosos 2,63 m de entreeixos e 4,48 m de comprimento favorecem até no melhor aproveitamento do espaço interno. Em contrapartida, o porta-malas fica comprometido e comporta apenas 340 litros, ou 30 litros a mais que um Toyota Yaris.

CAOA Chery Arrizo 6 Pro Hybrid
CAOA Chery Arrizo 6 Pro Hybrid é um híbrido leve e chega a fazer até 13,5 km/l de gasolina, conforme o Inmetro
Imagem: Divulgação

Outro modelo da própria Chery que você pode adquirir pelos mesmos R$ 140 mil é o sedã híbrido flex Arrizo 6 Pro Hybrid. O modelo traz a combinação do motor a combustão flexível de 150/147 cv disponíveis a 5.500 rpm e 21,4 kgfm de torque (etanol e gasolina) a partir das 1.750 rpm que junto ao propulsor elétrico (10 cv e 4,1 kgfm) proporcionam a potência combinada de 160 cv e torque combinado de 25,5 kgfm.  

O câmbio é o mesmo do SUV, o CVT com simulação de nove marchas. No caso do motor, trata-se de um sistema com tecnologia Mild Hybrid Electric Vehicle (MHEV) ou, para simplificar, híbrida leve. Este recurso funciona quase da mesma forma que um híbrido convencional. No caso do MHEV além de ter um custo mais simples e barato, ele manda a energia cinética gerada nas frenagens para uma bateria de 48 Volts. Em parceria com um gerador - que tem a função do alternador, o dispositivo alivia parte da carga de trabalho do motor. Na prática isso se traduz mais em menor emissão de poluentes do que no consumo, propriamente dito. 

Segundo o Inmetro, o sedã sem o sistema híbrido leve faz 7,4 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada no etanol, enquanto que com gasolina, 10,6 km/l e 13,4 km/l, respectivamente. A opção híbrida leve, é ligeiramente mais econômica: 8,9 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada (etanol) e 12,5 km/l e 13,5 km/l (gasolina), nessa ordem.

Na questão de espaço interno, o Arrizo 6 Pro Hybrid conta com 2 cm a mais no entre-eixos em relação ao Tiggo 5X Pro, 2,65m, porém é na altura que a diferença conta. Os mais altos no banco de trás sofrem com a cabeça raspando no teto, devido ao caimento abrupto da coluna B para a C. Já o porta-malas com 405 litros de capacidade é o menor dos sedãs médios, perdendo para Chevrolet Cruze (440 l), Nissan Sentra (466 l), Toyota Corolla (470 l), Honda Civic (495 l) e VW Jetta (510 l).


Por outro lado, o sedã da Caoa Chery traz a vantagem de oferecer um dos melhores custo-benefícios da categoria. Além de bem equipado, acabamento caprichado e toda a tecnologia atual embarcada, o Arrizo 6 custa R$ 140 mil contra R$ 150 mil do Chevrolet Cruze, 150 mil do Nissan Sentra e R$ 239.400 do VW Jetta, os três sem tem tecnologia híbrida. Já partindo para os híbridos, o Toyota Corolla Altis Hybrid sai por R$ 187.800 e o Honda Civic é o mais caro do comparativo que sai por R$ 260 mil.  


Por R$ 140 mil, o que oferecem Caoa Chery Arrizo 6 Pro Hybrid ou Tiggo 5x Pro?

CAOA Chery Tiggo 5X 2023
CAOA Chery Tiggo 5X vai ter volume produção ampliado no Brasil com novos investimentos na fábrica em Goiás
Imagem: Divulgação

Além do espaço interno e propostas completamente diferentes por questões óbvias em se tratando de carros de segmentos diferentes, cada um tem o seu pacote de itens de conforto, segurança e conveniência a oferecer.

Ambos já são muito bem equipados trazendo ar-condicionado digital, abertura e fechamento das portas e porta-malas à distância (Keyless), botão Start/Stop para partida sem chave, câmera de ré com guias dinâmicas de direção, direção elétrica (EPS), comando de climatização à distância (CCD), faróis com acendimento automático e ajuste elétrico de altura, central de multimídia touch screen de 10,25", Android Auto, Apple Carplay e bluetooth e controlador de velocidade de cruzeiro (piloto automático).

Há também retrovisores externos com rebatimento elétrico e aquecimento (antiembaçante) e controle interno elétrico, modo de condução - Sport/Eco sensor de estacionamento traseiro, seis airbags, controle de estabilidade, freio de estacionamento com acionamento eletrônico (EPB) e função Auto Hold entre outros itens.

O sedã da Chery, no entanto, traz a mais: câmeras de visão 360° HD, comando de voz, faróis com função “follow me home” e “car finder”, teto solar elétrico, banco do motorista com seis ajustes elétricos (no Tiggo são quatro ajuste e manuais), carregador de celular por indução / porta celular, faróis com função “follow me home” e “car finder”, retrovisor interno eletrocrômico, faróis (alto e baixo) em led, monitoramento de ponto cego (BSD) e por aí vai.

No SUV, banco do motorista com regulagem elétrica lombar (inexistente no Arrizo 6), painel de instrumentos de LCD com seleção de temas (7 polegadas), assistente de descida (HDC), assistente eletrônico de frenagem (EBA), sistema de sinal emergencial (ESS) e travamento automático das quatro portas.

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Pelo preço de um sedã médio Caoa  Chery Arrizo 6 Hybrid é possível levar um SUV  compacto Tiggo 5X Pro

Pelo preço de um sedã médio Caoa Chery Arrizo 6 Hybrid é possível levar um SUV compacto Tiggo 5X Pro

CAOA Chery Arrizo 6 Pro Hybrid

CAOA Chery Arrizo 6 Pro Hybrid

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!