Potência chinesa, Geely deve retornar ao Brasil

Informação foi antecipada por colunista do Autoo; saiba mais detalhes
Geely GC2

Geely GC2 | Imagem: Divulgação

Boa notícia para acirrar a concorrência do mercado automotivo nacional. Segundo antecipado pelo colunista Fernando Calmon em seu texto mais recente publicado no Autoo, a chinesa Geely deverá voltar a operar no Brasil, ainda sem uma data concreta para a estreia.

Uma verdadeira potência chinesa, a Geely, é bom destacar, atualmente é a dona da Volvo e da Lotus, duas marcas de grande prestígio mundial. Além disso, Li Shufu, proprietário e presidente da Geely Holding Group, tornou-se o principal acionista da alemã Daimler desde 2018. O conglomerado reúne a marca Mercedes-Benz com suas divisões de automóveis, caminhões e veículos comerciais, bem como a smart, entre outras companhias.

Apenas para lembrar, o Grupo Gandini, atual importador da marca Kia ao Brasil, era o responsável também pela comercialização dos carros da Geely por aqui. Em abril do ano passado, contudo, a empresa brasileira anunciou que não iria mais operar a marca chinesa em solo nacional alegando como razões as “travas” impostas pelo Inovar-Auto à época bem como a queda em vendas do mercado brasileiro.

Com uma participação muito pequena por aqui, a Geely nunca emplacou mais do que 100 carros/mês. Em 2015, ela encerrou o ano na 30ª posição com 651 unidades vendidas. Já em 2016, a empresa mantinha um ritmo de venda semelhante, registrando um pico de 82 emplacamentos em março daquele ano. Dentre os poucos modelos que ganharam as ruas do Brasil destacam-se o simpático hatch GC2, que tinha visual inspirado em um urso panda, além do mais sisudo sedã EC7.

De acordo com as informações levantadas por Calmon, a tendência é que a Geely estabeleça algum acordo com o Grupo HPE, que hoje cuida das marcas Suzuki e Mitsubishi no Brasil. Como a HPE conta com uma boa estrutura fabril instalada no país, a aproximação entre as duas empresas pode indicar que a Geely talvez cogite algum formato de produção local.

Certamente a operação de uma empresa com a estrutura da Geely será algo muito benéfico para o setor, aprimorando a concorrência no Brasil e trazendo mais investimentos para o país. Vamos acompanhar de perto os próximos passos da marca chinesa por aqui.

 

Geely EC7 2015
Acima o Geely EC7, um dos poucos modelos da marca chinesa que ganharam as ruas brasileiras
Imagem: Divulgação

 

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags