Quase R$ 20.000 mais barato, Equinox é uma excelente opção entre os SUVs médios

Preparando terreno para a estreia do novo Tracker, GM reposiciona os valores do Equinox
Chevrolet Equinox 2019

Chevrolet Equinox 2019 | Imagem: Divulgação

No começo desta semana quem tentava navegar pela seção “monte seu carro” no site comercial da Chevrolet encontrava a página sob manutenção. Uma das razões para isso acaba de ser descoberta e está ligada ao SUV médio que a marca oferece no país.

Preparando sua gama para a estreia da nova geração do Tracker, o que está previsto para ocorrer nos primeiros meses do ano que vem, a GM realizou uma forte redução nos preços do Equinox aqui no Brasil.

A opção de entrada LT passa a custar R$ 132.490, portanto uma redução de R$ 18.800 sobre o valor que era praticado até então. O Equinox Premier, por sua vez, chega à rede de concessionárias com um valor R$ 12.100 menor, custando R$ 159.990.

Com isso, o Chevrolet Equinox passa a figurar como uma alternativa bem mais interessante entre os SUVs compactos.

Em sua versão topo de linha Premier, o modelo, além do notável desempenho que seu propulsor 2.0 turbo em conjunto com o câmbio automático de 9 marchas proporcionam (a marca declara a aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 7,6 segundos), vale a pena destacar que ele ainda oferece o sistema de tração integral. O Equinox Premier ainda traz recursos de tecnologia importantes como o assistente de estacionamento, farol alto automático e os alertas de colisão, ponto cego e mudança de faixa. Completam as lista de diferenciais do Equinox Premier itens como teto solar panorâmico, sistema de som especial projetado pela Bose, rodas de liga leve aro 19”, frenagem automática de emergência, entre outros.

Apenas como comparação para quem deseja um modelo mais completo, um Jeep Compass nacional, atualmente o líder em vendas entre os SUVs médios, custa R$ 195.990 em sua versão Série S com motor 2.0 turbodiesel, câmbio automático de 9 marchas, tração 4x4 e itens de tecnologia semelhantes aos do Equinox Premier.

Mesmo na versão LT, o Chevrolet Equinox já conta com um bom pacote de itens de série. Ele perde o sistema de tração integral na versão mais acessível, porém preserva o motor 2.0 turbo e o câmbio de 9 marchas. Em relação ao Equinox topo de linha, o LT perde apenas os assistentes de condução mais avançados, preservando itens importantes como a chave presencial, revestimento interno de couro, central multimídia, ar-condicionado automático digital com duas zonas de atuação, entre outros.

Apesar do desempenho acima da média, é fato que o consumo do Equinox 2.0 turbo, gravitando na faixa de 7,5 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com gasolina, é um pouco elevado para quem busca mais eficiência. Pensando nisso e em trazer ainda mais atratividade comercial para o SUV médio por aqui, o site Autos Segredos apurou que a GM cogita a importação do Equinox em sua opção 1.5 turbo.

Mais racional, por assim dizer, o Equinox 1.5 turbo conta com câmbio automático 6 marchas e tração dianteira. Graças ao bom torque de 28 kgfm a partir de 1.800 rpm, o SUV deverá preservar boas respostas ao volante com a vantagem do consumo menor. Dependendo do valor que a GM adotar para ele, talvez mais próximo dos R$ 120.000, certamente será uma opção muito bem-vinda do modelo por aqui.

Se tudo isso se confirmar, incluindo a vinda do Equinox 1.5 turbo ao Brasil, tudo leva a crer que a GM praticará preços bem competitivos para o novo Tracker no Brasil, assim como fez com os novos Onix e Onix Plus, realçando o custo-benefício de seus compactos. Vamos acompanhar! 

Chevrolet Equinox 2019
Chevrolet Equinox 2019
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!