Renault Kiger, o SUV do Kwid, é revelado como conceito

Novidade deve estrear na Índia no início de 2021. Ainda é um protótipo, mas marca afirma ser 80% do produto final
Acima o Renault Kiger revelado ainda na forma de conceito

Acima o Renault Kiger revelado ainda na forma de conceito | Imagem: Divulgação

Depois de um pequeno teaser, a Renault revelou na Índia o Kiger ainda como carro-conceito. A empresa afirma, porém, que o modelo exibido já representa 80% do produto final. A estreia do novo SUV de pequeno porte deve ficar para o início de 2021 naquele mercado. O nome para o veículo, no entanto, será mantido.

O Renault Kiger utiliza a plataforma CMF-A+ da marca francesa. É uma variante alongada daquela utilizada pelo Kwid. Ela já é empregada na Índia em modelos como a minivan de sete lugares Triber e também pelo Nissan Magnite, pequeno SUV recém-apresentado por lá e que pode ser fabricado no Brasil.

Visualmente, o Renault Kiger conceito confirmou alguns elementos antecipados pelos flagras anteriores dos protótipos de homologação. São itens como a grade alargada com o grande logo da marca ao centro, faróis divididos com luzes diurnas acima e bloco ótico principal no para-choque, coluna C bem angulada e lanternas traseiras em formato de C.

Renault Kiger 2020
Traseira do Renault Kiger conceito
Imagem: Divulgação

No entanto, outros elementos são característicos de conceitos e não devem chegar às ruas. É o caso dos para-choques grandes e de linhas muito intrincadas, as grandes rodas de liga-leve de 19 polegadas, os pequenos espelhos externos aerodinâmicos e a imitação de saída central de escape no para-choque traseiro. O tom azul da carroceria mesclado com detalhes verde claro são específicos do Renault Kiger conceito e não devem chegar à produção.

 

Apesar de a marca não ter revelado imagens do interior, a imprensa indiana acredita que a Renault trabalhará para diferenciá-lo da cabine da Triber, mais voltada ao custo-benefício, e do interior do Nissan Magnite, que tem linguagem visual específica da marca nipônica. Os preços também não foram antecipados. No mercado indiano, os produtos da Renault costumam ser ligeiramente superiores aos praticados pela Nissan. O Magnite, para referência, tem preços partindo de cerca de R$ 39 mil na conversão da moeda daquele país.

A motorização é mais um elemento do Renault Kiger que não foi revelado. No entanto, a imprensa indiana aposta que a marca francesa deverá oferecer as mesmas opções vistas no Nissan Magnite. O pequeno SUV japonês foi lançado com opções de motores 1.0 de três cilindros com aspiração natural ou turbo. A potência, respectivamente, é de 72 cv e 85 cv. Para o primeiro, o câmbio pode ser manual ou automatizado, enquanto o mais potente poderá contar com transmissão mecânica ou automática CVT.

O Autoo entrou em contato com a Renault para saber se existe intenção da marca em oferecer o Kiger no mercado brasileiro, mas até o momento não obteve resposta. Contudo, é fato que o modelo reúne características muito interessantes para obter sucesso no Brasil. 

Atualização (19/11/2020 às 10h21): em resposta ao Autoo, a Renault informou que não há previsão do Kiger no Brasil

Renault Kiger 2020
Arquitetura do Renault Kiger é derivada da utilizada pelo Kwid
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!