O Chevrolet Malibu mal chegou ao Brasil e seu visual deve mudar em breve. Para renovar o fôlego do sedã, a General Motors dos Estados Unidos atualizará alguns detalhes estéticos do carro, como vemos nas projeções do designer Leandro Andrade, que publica seus trabalhos no site leoandradedesign.

Os desenhos levam em conta as figuras de patente do Malibu 2012, vazadas em março de 2010 e que mostram detalhes do facelift, que tem lançamento esperado para o final deste ano. As mudanças se concentram principalmente no conjunto óptico. Enquanto a reforma da parte frontal tem influência do Opel Insignia, a traseira será redesenhada ao estilo do novo Camaro, com lanternas as recortadas.

A fabricante, entretanto, ainda deve manter o motor 4 cilindros 2.4 de 171 cavalos de potência e 22 kgfm de torque no Malibu sem alterações significativas. O mesmo vale para o câmbio automático, que possui 6 marchas e comando sequencial por meio borboletas atrás do volante. No EUA, em contrapartida, o motor V6 cederá seu espaço a duas novas opções com quatro cilindros em linha, segundo aponta a imprensa local.

À venda por aqui desde junho de 2010, o sedã de R$ 89.900 é posicionado acima do Vectra e abaixo do Ômega. Seu volume de vendas até janeiro passado já soma 1.604 unidades, segundo contagem da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Alguns de seus rivais, como o Hyundai Azera e o Ford Fusion, ainda ficam muito à frente do Chevrolet em vendas. No ano passado, os modelos emplacaram mais de 3.000 unidades cada.

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca