Novidade anunciada durante o Salão de São Paulo para a gama Subaru vendida no Brasil, a tecnologia EyeSight chega ao país inicialmente no XV, SUV compacto que é o modelo mais moderno da marca japonesa oferecido por aqui, uma vez que ele já conta com a nova plataforma modular global da empresa e traz recursos como a central multimídia com tela de 8” e suporte ao Apple CarPlay e Android Auto.

O Subaru XV atualmente é oferecido no Brasil em três versões, a de entrada L, tabelada em R$ 123.900, a intermediária S, que tem preço sugerido de R$ 135.000, e a topo de linha S com o EyeSight, o que eleva o preço sugerido do modelo para R$ 142.000.

Todas as versões contam com o motor 2.0 de cilindros contrapostos (Boxer) com injeção direta. Ele aceita somente gasolina e entrega 156 cv a 6.000 rpm e 20 kgfm de torque a 4.000 rpm. Equipado com câmbio automático CVT, o conjunto leva o Subaru XV de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos e até 194 km/h de velocidade máxima. Com isso, o Subaru XV entrega nível de desempenho bem satisfatório.

Em todas as versões o Subaru XV traz um diferencial muito relevante, no caso a presença da tração integral simétrica, o que lhe rende um controle dinâmico muito maior e, com isso, mais segurança ao rodar.

No caso da versão mais cara, o EyeSight se diferencia de muitos assistentes de condução oferecidos pela maioria das marcas por combinar o funcionamento de duas câmeras estéreo para captar tudo o que se passa logo a frente do SUV. De acordo com a Subaru, como a tecnologia simula o funcionamento do olho humano, ou seja, capta com maior eficiência diferenças de profundidade e distância entre os objetos, ela alimenta de uma forma melhor os sistemas eletrônicos e algoritmos que realizam toda a interpretação dos dados. O EyeSight, com isso, consegue atuar nas respostas do motor, transmissão e freios evitando acidentes.

Na Subaru, o EyeSight agrupa recursos como alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo, alerta de saída de faixa, advertência de oscilação de faixa, detector de pontos cegos nos retrovisores, alerta de tráfego cruzado na traseira do veículo, entre outros.

Muito bem equipado, o Subaru XV em sua configuração mais cara e que oferece o EyeSight também acrescenta recursos como o teto solar, revestimento interno de couro, rodas de liga leve aro 18”, chave presencial, ar-condicionado automático digital com 2 zonas, entre outros como a já citada central multimídia.

Convidados pela Subaru, o Autoo avaliou em um percurso de testes o sistema EyeSight e ele mostra que o investimento de R$ 7.000 vale muito a pena por todo o ganho em segurança ativa que ele traz consigo. Ao evitar colisões ou atropelamentos por eventuais descuidos do motorista, o pacote de tecnologia mostra-se um grande aliado no dia a dia. Graças ao EyeSight, por exemplo, é possível evitar uma colisão com outro carro que freia repentinamente ou até mesmo, no caso de marcha à ré, não colidir com algum objeto ou até mesmo algum pedestre que inadvertidamente passe atrás do carro durante a manobra.

Já por ser um dos raros modelos que oferecem sistema de tração integral, o Subaru XV é uma pedida muito interessante para quem tem cerca de R$ 120.000 a R$ 140.000 e deseja um SUV. O Subaru conta com bom espaço interno, uma cabine bem montada e com ótima ergonomia, e traz toda a reputação de qualidade e robustez da marca. 

 
 
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/