Enfim, ele chegou! Ao lado do Toyota Yaris, o Citroën C4 Cactus pode ser apontado como um dos lançamentos mais esperados de 2018... e a espera valeu a pena!

Como já revelamos, a novidade chega ao mercado em seis versões, além da opção destinada ao público PCD que vai se juntar à gama até o fim do ano. Para mostrar tudo o que o C4 Cactus é capaz de entregar, resolvemos avaliar a novidade em sua versão topo de linha, a Shine Pack equipada com o motor 1.6 THP flex.

Aliás, por falar no motor, sem dúvida ele será um diferencial bem interessante do C4 Cactus. Você até encontra outros modelos na categoria com propulsores de conceito semelhante, no caso mesclando turbo e injeção direta, mas poucos conseguem entregar um nível de desempenho semelhante ao que o C4 Cactus 1.6 THP é capaz de alcançar.

Graças ao bom torque de 24,5 kgfm, o motor 1.6 turbo abastecido com etanol acelera o C4 Cactus de 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos e a velocidade máxima fica em 212 km/h. Para quem gosta de um comportamento mais dinâmico, o C4 Cactus projeta-se como uma boa escolha não só pelo que seu conjunto mecânico é capaz de entregar em termos de performance, mas também pelo bom acerto de suspensão, direção e freios que o time de engenharia da marca francesa alcançou para o modelo. Algo raro de se encontrar no segmento, as versões turbo do C4 Cactus contam com freio a disco nas 4 rodas, por exemplo.

Por dentro do Citroën, a boa posição de dirigir, a grande amplitude das regulagens de altura e profundidade do volante, que é mais esportivo e com ótima empunhadura, formam um conjunto que oferece grande prazer ao conduzir o C4 Cactus em suas configurações mais caras.

Um lado positivo é que você não precisa pagar a conta do bom desempenho com um consumo de combustível muito alto. Abastecido com gasolina, o C4 Cactus 1.6 THP alcança parciais de 10,4 km/l na cidade e 12,6 km/l na estrada. Um Hyundai Creta 2.0, que está longe de entregar o mesmo nível de desempenho, registra médias de 10 e 11,4 km/l, respectivamente, apenas para colocarmos em perspectiva.

A Citroën mostrou grande disposição em colocar no mercado um dos SUVs compactos mais competitivos da categoria, “calibrando” de forma agressiva o custo-benefício do C4 Cactus. 

Tabelado em R$ 98.990, portanto um pouco longe de ultrapassar a simbólica barreira dos R$ 100.000, o C4 Cactus Shine Pack traz muito mais em termos de equipamentos e eletrônica embarcada do que seus concorrentes diretos. O grande diferencial dessa versão está no pacote de tecnologia, que engloba a frenagem automática com alerta de colisão, o alerta de saída de faixa e o monitoramento do nível de atenção do motorista, tudo isso de série no C4 Cactus avaliado aqui.

Outro destaque do C4 Cactus nas versões com motorização 1.6 THP é a presença do Grip Control, recurso que atua com o controle de estabilidade e “prepara” o carro para encarar alguns pisos com menor aderência, tais como areia ou lama. Se está longe de fazer as vezes de uma tração integral, ao menos o sistema oferece ao C4 Cactus mais disposição para sair um pouco do asfalto. Nenhum rival direto, nesse preço, oferece um sistema parecido.

Esse recursos você não vai encontrar no Hyundai Creta Prestige de R$ 103.990 e muito menos no Honda HR-V Touring de R$ 110.500. Logo, a Citroën deixa claro que deseja conquistar seus clientes tanto pela emoção que o C4 Cactus turbo entrega ao volante, quanto pela razão, já que ele se mostra um produto bem mais completo.

É claro que, nessa faixa de preço, não poderiam faltar alguns recursos “obrigatórios” ao C4 Cactus Shine Pack, com destaque para o revestimento interno de couro, central multimídia com Apple CarPlay, Android Auto e câmera de ré, 6 airbags, chave presencial, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, entre outros.

Para embalar tudo isso, a Citroën e sua equipe de design instalada no Brasil prepararam um modelo bem ao estilo francês. Estão lá a dianteira com seu conjunto ótico em três níveis, a lateral robusta e bem destacada, além da possibilidade de contrastar a cor da carroceria com uma tonalidade diferente para o teto, somando 14 opções de combinação.

Com 4,17 m de comprimento, o C4 Cactus tem um porte bem interessante. A carroceria, que fica a 22,5 cm do chão, também oferece a sensão de dirigir mais elevada que tanto cativa nos SUVs e ajuda a encarar lombadas e valetas no caminho. A exemplo do Jeep Renegade, o único detalhe que pode gerar um pouco de polêmica envolvendo o Citroën é a capacidade do porta-malas, no caso do C4 Cactus para 320 litros. Modelos como os já citados Creta e HR-V levam até 431 e 437 litros, respectivamente, em seus compartimentos para bagagem.

Se fica devendo um pouco no porta-malas, não dá para reclamar do restante da cabine. Com 2,60 m de entre-eixos, o C4 Cactus acomoda 5 passageiros com relativa facilidade. O acabamento da parte interna exagera um pouco nos plásticos, como é possível notar nos painéis de porta, mas entrega um bom aspecto de maneira geral.

Modelo concebido com a missão de resgatar um posicionamento de mercado melhor para a marca Citroën no Brasil, o C4 Cactus mostrou muitas qualidades em nosso primeiro contato com sua versão topo de linha. Ao lado do futuro Volkswagen T-Cross nacional, o C4 Cactus conta com todas as condições de figurar como um dos mais interessantes SUVs compactos do país e, no que depender de suas credenciais, ele tem tudo o que é necessário para atingir o volume de vendas que a marca deseja. 

 
 
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
Citroën C4 Cactus 2019
Citroën C4 Cactus 2019
 
 

Ficha técnica

Citroën C4 Cactus 2019 Shine Pack 1.6 16V flex automático 4p
Preço R$ 98.990 (08/2018)
Categoria SUV compacto
Motor 4 cilindros, 1598 cm³
Potência 166 cv a 6000 rpm (gasolina)
Torque 24,5 kgfm a 1400 rpm
Dimensões Comprimento 4,17 m, largura 1,714 m, altura 1,563 m, entreeixos 2,6 m
Peso em ordem de marcha 1617 kg
Tanque de combustível 55 litros
Porta-malas 320 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |