A Ford relutou por muito tempo em oferecer o câmbio automático na linha Ka alegando que o Fiesta seria o modelo mais adequado a chegar ao mercado com esse tipo de transmissão em sua linha, hatch que mirava em um consumidor com um orçamento mais folgado e que deseja um conteúdo de tecnologia e conforto melhor.

Só que o avanço da demanda dos brasileiros pelo câmbio automático, que tornou-se cada vez mais popular dentro das gamas de Chevrolet Onix e Hyundai HB20, ambos concorrentes diretos do Ford Ka, fez, finalmente, a marca norte-americana rever sua estratégia. As baixas vendas tanto do Fiesta hatch bem como em especial de sua versão sedan também pesaram na decisão uma vez que os problemas da caixa automatizada de dupla embreagem também colaborou para afastar muitos clientes da linha Fiesta.

Com isso e o fechamento de sua fábrica de São Bernardo do Campo – retirando, dessa forma, o Fiesta de linha até o fim deste ano – a Ford passa a apostar todas as suas fichas no segmento de compactos na gama Ka, uma decisão que parece mais acertada. Não por acaso, a linha 2019 da família ganhou melhorias relevantes, tais como a introdução da central multimídia em algumas versões e do conjunto mecânico formado pelo motor 1.5 tricilíndrico e o câmbio automático de 6 marchas.

Assim como ocorre no hatch, o câmbio automático deu vida nova em especial para o Ka Sedan. É fato que, se esse tipo de transmissão tem uma ótima procura nos hatches, quando partimos para os sedans ela torna-se algo cada vez mais valorizado e indispensável dentro do segmento.

Com a novidade, o Ka Sedan 2019 chegou ao mercado como uma alternativa bem mais interessante frente à modelos como o Hyundai HB20S e o Chevrolet Prisma, dupla que já conta com a oferta do câmbio automático de 6 marchas há um bom tempo.

No caso do Ford Ka Sedan, o câmbio automático de 6 marchas está disponível a partir da versão SE 1.5 (R$ 61.140) até a topo de linha Titanium (R$ 72.640) como a avaliada nesta reportagem pelo Autoo. Existe também a interessante opção intermediária SE Plus 1.5 automática, que é tabelada em R$ 63.940 e já conta com a ótima central multimídia Sync 3.

 

No caso do Ka Sedan Titanium, o nível de equipamentos merece elogios. Ela é a única versão do modelo a contar com 6 airbags e os controles de tração e estabilidade, uma combinação bem rara no segmento. Prisma e HB20S, por exemplo, não oferecem esses recursos em nenhuma versão.

Ainda completam a lista de equipamentos do Ka Sedan Titanium a praticidade da chave presencial, o conforto do revestimento interno de couro, além da câmera de ré, piloto automático, rodas de liga leve aro 15”, sensor de estacionamento traseiro, entre outros.

Considerando que hoje um Chevrolet Prisma LTZ automático é tabelado em R$ 71.490 com um pacote de equipamentos equivalente, mas devendo os controles de estabilidade e tração e os 6 airbags, é possível notar que o custo-benefício do Ka Sedan Titanium é bem interessante. O Hyundai HB20S 1.6 automático completo, que também deve os mesmos equipamentos de segurança, hoje está nas concessionárias por R$ 72.990.

Com um projeto bem mais voltado para as necessidades de países emergentes – onde o bom espaço interno e um porta-malas generoso são itens preponderantes em relação ao estilo e o nível de acabamento mais valorizados pelos europeus – o Ka Sedan mostra-se um produto melhor para a realidade brasileira em relação ao extinto Fiesta Sedan. A bordo do Ka Sedan uma família com 4 adultos vai encontrar todo o espaço de que precisa para viajar com tranquilidade.

O novo motor 1.5 com 3 cilindros também caiu muito bem ao Ka e ao Ka Sedan, atuando muito bem com a transmissão automática de 6 marchas. Com as melhorias que a Ford promoveu na linha 2019 de seus compactos, a dirigibilidade do Ka Sedan é agradável e sem sustos, favorecendo o conforto e a neutralidade nas respostas, o que se espera de um modelo nessa segmentação de mercado.

Econômico, o Ka Sedan 1.5 automático registra médias oficiais de até 10,9 km/l na cidade e 14 km/l na estrada utilizando gasolina, porém, durante nossa avaliação, foi fácil superar esses números. Em termos de desempenho, o Ka Sedan Titanium também mostra-se mais intenso nas acelerações e retomadas em relação a um Chevrolet Prisma, por exemplo, em especial se considerarmos o uso dos dois modelos carregados.

Só um ponto que merece mais atenção vai para o acabamento interno do Ka Sedan. Apesar da boa ergonomia geral do painel e console central, com teclas e porta-objetos bem posicionados, o material plástico usado em grande parte da cabine carece de um aspecto mais nobre. O efeito só é amenizado na versão topo de linha pelo revestimento interno de couro. A cabine também já pede por uma renovação visual, uma vez que a atual geração do Ka conta com cinco anos de mercado.

Curioso que, entre os sedans compactos de entrada, o Ford Ka é o único a oferecer dobradiças pantográficas para sustentar a tampa do porta-malas, solução que é mais cara do que os braços tradicionais, porém resulta em ganhos na acomodação de cargas no compartimento uma vez que toda a estrutura é fixada na parte externa da carroceria.

Hoje ocupando uma honrosa terceira posição no ranking dos sedans compactos mais vendidos do Brasil, o Ford Ka Sedan desponta como uma ótima opção para aqueles que buscam um modelo mais racional, em especial para quem quer gastar até uma quantia na faixa de R$ 70.000.

O Ka Sedan Titanium conta com um custo-benefício interessante mesmo indo um pouco além disso, mas a versão intermediária SE Plus 1.5 automática hoje parece a pedida mais interessante e equilibrada para o modelo, em especial considerando seu preço de R$ 63.940. O Ka Sedan 2019 traz um conjunto mecânico mais interessante quando comparado com modelos como o VW Voyage, Chevrolet Prisma e Hyundai HB20, com destaque para a eficiência de seu bom motor 1.5. Uma alternativa ao Ka Sedan é o Toyota Etios Sedan, modelo que não prima pelo design, mas conta com os controles de tração e estabilidade de série em todas as versões, é barato de comprar e manter e oferece um excelente porta-malas para mais de 560 litros. Entre as versões sedan de Ka e Etios você fará uma excelente escolha do ponto de vista racional. Em um patamar acima dos R$ 70.000, aí já é mais interessante partir para modelos mais sofisticados como é o caso do Volkswagen Virtus nas versões Comfortline ou Highline.

 
 
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
Ford Ka Sedan 2019
Ford Ka Sedan 2019
 
 

Ficha técnica

Ford Ka Sedan 2019 Titanium 1.5 12V flex automático 4p
Categoria Sedã compacto
Vendas em 2017 27.656 unidades
Motor 3 cilindros, 1497 cm³
Potência 128 cv a 6500 rpm (gasolina)
Torque 15,6 kgfm a 4750 rpm
Dimensões Comprimento 4,254 m, largura 1,695 m, altura 1,525 m, entreeixos 2,491 m
Peso em ordem de marcha 1048 kg
Tanque de combustível 52 litros
Porta-malas 445 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/