Toyota Yaris Cross: franceses avaliam SUV que será fabricado no Brasil

Só falta o anúncio oficial, mas a previsão é que o modelo será nacionalizado em 2023
Toyota Yaris Cross 2021

Toyota Yaris Cross 2021 | Imagem: Divulgação

Recentemente, a Toyota confirmou a produção de um modelo compacto híbrido flex no país. Como a fabricante afirmou que o carro será menor do que Corolla e Corolla Cross, logo as suspeitas recaíram sobre o Yaris Cross.

Ao que tudo indica, conforme apuração do AUTOO, o SUV compacto poderá ser nacionalizado a partir de 2023. A produção local será realizada em Sorocaba, no interior de São Paulo, onde o SUV médio Corolla Cross já é fabricado.  

O Yaris Cross acaba de ser lançado na Europa, portanto é interessante acompanharmos o que a imprensa especializada local está dizendo sobre o modelo em suas avaliações iniciais. 

Na França, a prestigiada revista L’Automobile fez elogios ao modelo, especialmente quanto ao consumo de combustível.

Nas medições da publicação, o Yaris Cross obteve médias excelentes: 23,2 km/l na cidade e 17,8 km/l na estrada. Vale ressaltar que, em carros híbridos, os números de consumo obtidos em perímetro urbano costumam ser melhores do que as médias rodoviárias. A razão está justamente na atuação mais constante do sistema híbrido, que ‘convoca’ o motor elétrico para auxiliar em situações de tráfego.

O Yaris Cross é movido por um motor 1.5 de três cilindros que entrega 92 cv, associado a um motor elétrico de 80 cv. A potência combinada é estimada em 116 cv e a transmissão é do tipo CVT.

Bom fora do asfalto e apertado

Ao contrário da maioria dos SUVs compactos vendidos na Europa, o Yaris Cross não foge do fora de estrada leve. O curso da suspensão e a boa altura livre do solo (para os padrões locais, 17 cm é bastante) “permitem que você se aventure fora da estrada”, nas palavras da revista. Interessante é a opção de tração integral, graças à adição de um motor elétrico no eixo traseiro que movimenta as rodas traseiras em baixa velocidade. Faltou apenas pneus de uso misto, ou pelo menos mais adequados para sair do asfalto.

Se sobraram elogios para o consumo, o mesmo não se pode dizer sobre o comportamento dinâmico. Na visão dos franceses, a calibragem da suspensão faz com que ele sofra com as irregularidades do piso, “com batidas secas especialmente na traseira”. A unidade avaliada ainda tinha rodas de 18 polegadas, o que apenas jogava contra o Yaris Cross. O nível de ruído na cabine também foi criticado pela L’Automobile.

O diminuto espaço interno foi outro ponto negativo apontado pelos franceses. É bom lembrar que o modelo tem 4,18 metros de comprimento, 1,77 metro de largura, 1,56 metro de altura e 2,56 metros de distância entre eixos. Com isso, o Yaris Cross é menor do que um Jeep Renegade.

Já o acabamento mescla “materiais macios agradáveis e plásticos de baixa qualidade”. Assim como nos modelos da Toyota vendidos no Brasil, a central multimídia (que no Yaris Cross possui espelhamento de smartphone que dispensa fios) é bem responsiva ao toque dos dedos, mas o software apresenta certa lentidão para processar os comandos.

 

Recomendados por AUTOO

Youtube
Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

SUVs coadjuvantes em vendas podem ser opção para os best-sellers Creta e T-Cross
Aviação
Primeiro caça Gripen brasileiro vai voar em 2025

Primeiro caça Gripen brasileiro vai voar em 2025

Saab e Embraer estão montando no interior de São Paulo primeiro jato supersônico da FAB que será finalizado no Brasil
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções