Veja 5 SUVs que entraram no lugar de sedãs e hatches no Brasil

A onda dos utilitários esportivos que invadiu o mercado acabou levando junto alguns hatches e sedãs
Volkswagen T-Cross 2020

Volkswagen T-Cross 2020 | Imagem: Divulgação

Não foram apenas as peruas que desapareceram do mercado depois da invasão dos utilitários esportivos. Alguns hatches e sedãs acabaram sendo substituídos por SUVs, que passaram a ter mais apelo nas vendas no mundo todo. 

VEJA TAMBÉM:

No Brasil, essa tendência ficou bem clara ainda, já que as vias mal conservadas, além das valetas, lombadas e obstáculos pelo caminho, além da grande extensão de trechos de terra para explorar nos finais de semana, entre outros fatores levaram à subsituição de hatches e sedãs por SUVs. Confira abaixo 5 exemplos. 

1- Renault Mégane E-Tech

Renault Mégane E-Tech Electric
Renault Mégane E-Tech Electric chegou ao Brasil em 2023 como importado e com boa dose de arrojo e sofisticação
Imagem: Divulgação

O modelo teve versão hatch, sedã e perua no Brasil. Os dois últimos chegaram a ser fabricados em São José dos Pinhais (PR) e fizeram certo sucesso. Eram modelos bem equipados e modernos para a época, no início da década passada. Entre outros itens, vinham com direção elétrica, alavanca do freio de estacionamento no formato de manche de avião e desenho arrojado.

Mas os SUVs vinham ganhando apelo cada vez maior e hoje o nome Mégane está associado ao SUV elétrico que vem importado, por R$ 280 mil, o Mégane E-Tech. Tem uma boa dose de sofisticação, conforto e espaço, além de desempenho animador, acelerando de 0 a 100 km/h em 7,5 segundos, de acordo com dados da fabricante.

2- Volvo XC40

Volvo XC40 2022
Volvo XC40 é vendido apenas  em versões elétricas e tem sido bem aceito como um dos modelos mais vendidos
Imagem: Divulgação

Antes de ser um hatch médio, o V40 foi uma perua. Mas ambos acabaram sendo substituídos pelo SUV XC40, um SUV elétrico que já foi o modelo do gênero mais vendido no Brasil antes da chegada do BYD Dolphin. A perua tinha versão aspirada e turbinada, esta última com 200 cv de potência máxima, mas não resistiu ao apelo dos SUVs.

O hatch V40 era um dos rivais de Mercedes Classe A, BMW Serie 1, Audi A3 e companhia, mas a maior altura do solo dos SUVs e com a tendência da eletrificação se expandindo a Volvo resolveu se concentrar nos SUVs. E acabou dando certo, já que o XC40 é um sucesso global, primeiro com motores a combustão, depois com versões híbridas e agora apenas elétrico. 

3 - Ford Territory

Ford Territory 2024
Ford Territory foi renovado e passou a ter mais apelo no mercado, com boa relação entre custo e benefício
Imagem: Divulgação

O sedã  médio para grande foi um dos modelos preferidos pelos executivos e por famílias de classe média alta.  Tem bastante espaço, inclusive no porta-malas de 514 litros. A Ford também caprichou na lista de equipamentos e no apelo esportivo do sedã, com motor 2.0 turbo, de 248 cv, também usado  no Range Rover Evoque. 

Mesmo com tantas qualidades, mais uma vez o apelo dos SUVs prevaleceu. Então, o Fusion saiu de cena para dar lugar ao SUV Territory, que vem importado e acabou de ser renovado. Vem com motor 1.5 turbo, de 169 cv, central multimídia com tela panorâmica de 12,3 polegadas, teto solar que abrange quase toda a capota,entre outros atrativos.

4-  Citroën C4 Cactus

Citroën C4 Cactus 2024
Citroën C4 Cactus na versão 1.6 THP Flex se destaca pelo bom desempenho, mas deve sair de linha em breve
Imagem: Divulgação

O C4 também teve versões sedã e hatch no Brasil, assim como o Mégane. Ambas eram importadas e o modelo de três volumes foi o que fez mais sucesso, trazido da Argentina e com o sobrenome Pallas. Chamava atenção pelo volante com centro fixo e pelo mostrador digital no painel que fazia as vezes de velocimetro, entre outros itens.

Atualmente o nome C4 na Citroën está associado ao SUV Cactus, cuja versão mais interessante é a equipada com o motor 1.6 THP Flex, que rende 173 cv e bons 24,5 kgfm a apenas  1,400 rpm. O carro tem boas qualidades, mas não deverá durar muito tempo na linha, uma vez que já foi descontinuado na Europa.

5- Volkswagen T-Cross

Volkswagen T-Cross 2024
Volkswagen T-Cross foi o SUV mais vedido do Brasil em 2023 e está prestes a ser renovado, no 1º semestre
Imagem: Divulgação

Quando a Volkswagen detectou que a onda dos SUVs estava chegando com força decidou lançar uma versão com apelo aventureiro do Fox, com estepe na traseira. Mas essa estratégia não era a ideal e o carro acabou sendo substituído por um SUV de verdade,que se tornou o líder do segmento no Brasil em 2023, o T-Cross.

O T-Cross demorou para chegar ao Brasil, mas o sucesso acabou de consolidando. Agora, a marca alemã vai reestilizar o carro no país, que ficará igual ao vendido no mercado europeu, a partir dos próximos meses. 

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

Volkswagen T-Cross 2020

Volkswagen T-Cross 2020

Renault Mégane E-Tech Electric

Renault Mégane E-Tech Electric

Volvo XC40 Recharge

Volvo XC40 Recharge

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!