Foi a "tempestade perfeita" mas no bom sentido: agosto terminou com o melhor resultado de vendas desde janeiro de 2015, ou seja, há 44 meses. Nada menos que 238 mil veículos foram emplacados no mês passado com destaque para o recorde histórico do Chevrolet Onix, líder em vendas no país.

Como Autoo antecipou, o hatch superou a barreira das 20 mil unidades, e com margem – nada menos que 21.736 carros vendidos. Mas não foi só ele que impressionou: o HB20 e o Ka também tiveram seu melhor mês em 2018, entre vários outros.

A maior parte das marcas também comemorou. A GM vendeu mais de 41,5 mil unidades, a Volks, quase 34 mil e a Fiat até superou a rival alemã com 34,4 emplacamentos. Quatro marcas ficaram muito próximas: Ford (20.979), Renault (20.938), Hyundai (20.699) e a Toyota (19.718) enquanto Honda, Jeep e Nissan viram seus números crescerem.

Sinal de reação?

Mas, afinal, o que fez o mês de agosto surpreender num período ainda de incertezas? Além do fato de contar com 23 dias úteis, o que sempre ajuda a elevar as vendas, o mês passado foi de relativa tranquilidade no país. Não houve greve de caminhoneiros como em maio ou a Copa do Mundo, que afetou tanto junho quanto julho. Ou seja, o mercado funcionou de forma normal.

Ainda assim nota-se que houve uma expansão praticamente geral e não afetada por algum fator específico. Pegue-se o caso da Toyota que contabilizou as vendas dos Yaris hatch e sedã em subida de produção. Foram 6.341 unidades emplacadas na soma dos dois, o que foi o principal motivo da marca encostar nos 20 mil carros vendidos, a despeito da queda na demanda do Etios.

Apesar disso, alguns executivos seguem pessimistas. Para José Luiz Gandini, presidente da Abeifa e representante da marca Kia no Brasil “depois da greve dos caminhoneiros e da Copa do Mundo, a falta de confiança do consumidor ainda persiste. E agora com um componente a mais: a eleição presidencial. De qualquer maneira, já houve uma pequena reação em julho e em agosto, o que sinaliza um segundo semestre melhor”.

No acumulado do ano, o crescimento das vendas é superior a 14% em relação ao mesmo período de 2017, porcentagem semelhante à diferença entre agosto deste ano e o do ano passado. Nesse ritmo é possível que as vendas em 2018 possam chegar a 2,5 milhões de veículos, o que significaria um volume maior que o de 2015 (2,463 milhões).

 
 
Renault Kwid 2018
 
Renault Kwid 2018
Renault Kwid 2018
Hyundai HB20 2019
 
Hyundai HB20 2019
Hyundai HB20 2019
Chevrolet Prisma 2019
 
Chevrolet Prisma 2019
Chevrolet Prisma 2019
Fiat Argo 2019
 
Fiat Argo 2019
Fiat Argo 2019
Volkswagen Polo 2019
 
Volkswagen Polo 2019
Volkswagen Polo 2019
Ford Ka 2019
 
Ford Ka 2019
Ford Ka 2019
Volkswagen Gol 2019
 
Volkswagen Gol 2019
Volkswagen Gol 2019
Fiat Strada 2019
 
Fiat Strada 2019
Fiat Strada 2019
Fiat Toro 2019
 
Fiat Toro 2019
Fiat Toro 2019
Chevrolet Onix 2019
 
Chevrolet Onix 2019
Chevrolet Onix 2019
 
 
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/