Em conjunto com seu aguardado hatch de propulsão elétrica previsto para 2020, a Volkswagen aproveitou o início do Salão de Detroit nesta segunda-feira (9) para revelar outro modelo que será lançado na mesma época. Trata-se do I.D. Buzz, uma releitura da Kombi adaptada às tecnologias e necessidades dos novos tempos. 

Chamado de “a van da nova era”, o I.D. Buzz é um conceito que lembra muito a versatilidade que fez a Kombi um modelo tão popular e querido por várias décadas, com a capacidade de transportar bicicletas e pranchas de surfe, por exemplo, sem dificuldade. Pelo menos no conceito, o I.D. Buzz tem capacidade para 8 passageiros.

A van terá propulsão somente elétrica, sendo que os motores estarão distribuídos entre os eixos dianteiro e traseiro oferecendo ao modelo tração integral. A autonomia, assim como no hatch I.D., vai girar em torno de 600 km, portanto algo próximo ao dos carros a gasolina atuais. Com isso, os modelos deverão eliminar um dos maiores problemas que impedem uma difusão definitiva dos veículos elétricos: o alcance limitado dos carros, que não encoraja uma viagem mais longa, por exemplo.

Outro ponto que merece destaque no projeto do I.D. Buzz é a capacidade de condução autônoma. Segundo a Volkswagen, basta pressionar levemente o volante da van para que o modo I.D. Pilot seja acionado. Com ele em ação, o volante é recuado para dentro do painel e o banco do motorista se vira para o centro do carro, permitindo maior interação com os passageiros.

Na parte interna, aliás, também reside boa parte da tecnologia que veremos nos carros do futuro. O painel convencional, por exemplo, deixará de existir. Em seu lugar, um sistema de realidade aumentada projetará as informações do veículo para o campo visual do motorista, enquanto a central multimídia e o controle do ar-condicionado poderá ser feito por um tablet removível. Outro ponto interessante vai para o volante. Ao contrário de teclas e botões, a peça terá na parte central uma área sensível ao toque que permitirá controlar várias funções do carro.

Utilizando uma versão maior da nova plataforma para veículos elétricos (MEB XL) do grupo VW, o I.D. Buzz conta com 4,94 m de comprimento, 1,97 m de largura e 1,96 m de altura, o que proporciona ao modelo uma cabine com “dimensões espaciais”, afirma a fabricante.

Os dois motores elétricos da van prometem entregar bom desempenho graças aos 374 cv produzidos por eles em conjunto. De acordo com a VW, o I.D. Buzz é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em notáveis 5 segundos e atingir 160 km/h de velocidade máxima (limitada).

Vale lembrar que o I.D. Buzz também faz parte de um projeto mais ambicioso da Volkswagen, como já noticiamos no AUTOO. Por meio de sua nova empresa de mobilidade, a Moia, o conglomerado alemão quer lançar uma nova plataforma de deslocamento nos grandes centros, utilizando, para isso, um modelo de proposta semelhante ao do I.D. Buzz.

 
 
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
Volkswagen I.D. Buzz
Volkswagen I.D. Buzz
 
 

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/