VW Tarok, rival para a Fiat Toro, chegará ao mercado apenas em 2022

Informação foi antecipada por colunista do Autoo; confira mais detalhes
Projeção do designer Kleber Silva para a Volkswagen Tarok de produção

Projeção do designer Kleber Silva para a Volkswagen Tarok de produção | Imagem: Kleber Silva

Em sua coluna mais recente publicada no Autoo, Fernando Calmon antecipa uma informação relevante envolvendo a chegada de novos produtos da Volkswagen ao mercado brasileiro e regional.

Segundo o jornalista, o cronograma de lançamentos da fabricante alemã de fato vai atrasar. Como o Autoo havia noticiado, o Tarek, concorrente para o Jeep Compass e outros SUVs médios, será lançado apenas em 2021. Vale a pena lembrar que a VW tinha como meta completar seu arrojado plano de renovação da gama até o fim de 2020.

A novidade apurada por Calmon é que a picape compacta-média Tarok, que promete ser uma forte concorrente para a Fiat Toro, já tem seu local de produção definido: a futura picape compacta-média será fabricada na Argentina ao lado do Tarek. O modelo, contudo, ainda vai demorar para chegar às concessionárias brasileiras da VW, algo que deverá ocorrer apenas em 2022. O motivo para o atraso é a dura situação econômica pela qual atravessa o país vizinho, relata Fernando Calmon.

Pelo que foi visto no Salão de São Paulo 2018, quando foi revelada mundialmente, a Tarok deverá contar com opção de tração integral e trará soluções muito interessantes, como a possibilidade de acessar a caçamba diretamente pela cabine, uma das benesses da estrutura monobloco usada pela picape. A plataforma será a mesma MQB amplamente usada na gama Volkswagen atual, porém com reforços para a aplicação da picape. Tudo leva a crer que ela terá capacidade de carga para 1 tonelada em suas versões mais potentes, algo necessário para fazer frente à Toro turbodiesel. 

Você confere na imagem principal que ilustra a notícia uma projeção de Kleber Silva antecipando o que podemos esperar da versão final da Tarok tomando como base o conceito revelado na mostra paulistana. Na época do Salão de São Paulo, a Volkswagen havia antecipado que a Tarok definitiva seria amplamente baseada no protótipo exibido ao público. 

Não sabemos se a Volkswagen vai trazer para a Tarok alguma opção diesel, algo que é interessante no segmento aqui no Brasil, mas certamente a marca tem como opção seus ótimos motores da gama TSI (turbo com injeção direta), com 1.4 e 2 litros de deslocamento. Espera-se que o Tarek argentino deverá chegar ao mercado em três versões, inicialmente apenas com o motor 1.4 TSI e câmbio automático de 6 marchas.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!