Se os inúmeros problemas envolvendo a transmissão de dupla embreagem Powershift macularam a imagem do modelo aqui no Brasil, o Ford New Fiesta perdeu ainda mais apelo comercial após a estreia no mercado do Ka com a opção do câmbio automático de 6 marchas. Somando tudo isso à estreia de concorrentes mais modernos e sofisticados, temos uma série de razões para entender porque as vendas do New Fiesta no Brasil despencaram. Como você confere em nosso ranking histórico, os emplacamentos do Fiesta no país saíram de um pico de 137.547 unidades em 2013 para apenas 14.508 unidades vendidas em 2018.

Uma das consequências disso tudo é que a Ford de uma maneira bem discreta promoveu um amplo enxugamento na gama Fiesta aqui no Brasil. Quem entrar no site comercial da marca nesta sexta-feira (18) vai notar que o New Fiesta Sedan desapareceu do catálogo em razão das vendas baixíssimas que contabilizada aqui. Também deram adeus as versões equipadas com o câmbio de dupla embreagem, bem como aquelas que traziam o ótimo motor 1.0 EcoBoost sob o capô.

Com isso, quem ainda deseja um Ford New Fiesta terá que se contentar com apenas três opções, no caso a SE (R$ 52.690), SE Style (R$ 56.590) e SEL (R$ 58.090), todas com motor 1.6 16V Sigma de 128 cv e câmbio manual de 5 marchas.

Procurada pelo Autoo, a Ford até o momento não se manifestou sobre a profunda alteração na gama New Fiesta por aqui.

Já com uma nova geração na Europa, é uma pena que a fabricante não continuou investindo no Fiesta aqui no Brasil, já que ele seria um ótimo modelo para fazer frente ao VW Polo e as novas gerações de Chevrolet Onix, Peugeot 208, entre outros.  

 

Ford Fiesta 2018
Ford Fiesta 2018
Imagem: Divulgação

 

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/